Os dez lugares que você não pode perder se for viajar a Mônaco

Turismo - Destinos - Mônaco : dez lugares para você conhecer - Sortimentos.com Turismo
Mônaco : dez lugares para você conhecer

Os dez lugares que você não pode perder se for viajar a Mônaco

Pode ser que Mônaco seja o segundo menor país do mundo, depois do Vaticano, mas é um excelente lugar para se visitar. É um principado que tem sido regido pela família Grimaldi desde o século XVIII. Mônaco é um lugar especial para fazer apostas, assistir corridas de carros, e poder desfrutar e aproveitar um país glamoroso que oferece aos turistas a oportunidade de estar perto de ricos e famosos e de admirar os formosos portos e as admiráveis paisagens do lugar.

Temos aqui dez lugares que o viajante não pode perder neste pequeno principado.

1 – Praia Larvotto:

É a praia mais popular de Mônaco e também a única. Sua superfície é muito mais rochosa que arenosa, e por isso as pessoas que quiserem andar por ela devem levar pelo menos calçados adequados para isso. É uma praia de águas calmas, um exemplo de praia mediterrânea onde está a Avenida Grace Kelly. Alguns setores da praia são abertos ao público e outros sao pagos. É comum ver turistas fazendo topless, mesmo sendo um ambiente familiar.

2 – Jardin Exotique: O Jardim Botânico de Mônaco

Este lugar possui mais de 1000 variedades de plantas, das quais muitas são cactos. Está localizado ao lado de um acantilado e forma parte do Museu de Antropologia Pré-histórica. Este belo jardim é um lugar perfeito para tirar fotos e admirar a vista panorâmica de Mônaco.

3 – Grand Prix de Mônaco:

Para os aficionados a corridas de carros, aqui se dá o evento no mês de maio e como as vias são muito sinuosas muitas vezes os corredores devem chegar à velocidade mínima permitida na Fórmula 1.

4 – Porto de Montecarlo:

Está localizado em La condamine, o segundo bairro mais antigo. Aqui os ricos e famosos atracam seus custosos e belos iates. Este porto pode receber até 500 iates e o iate do príncipe costuma estar no pier do Port Hercules.

5 – La Rocher. Vila Mônaco:

A vila conhecida como La Rochere oferece aos turistas a possibilidade de andar pelo bairro mais antigo de Mônaco, e está localizado sobre um penhasco que sobressai sobre o mar. Data do século VI antes de Cristo e os fundadores ali edificaram uma fortaleza.

6 – Cassino de Monte Carlo:

Este cassino foi estabelecido no século XIX com o fim de salvar a família Grimaldi da falência. O plano funcionou e atualmente o cassino atrai grandes apostadores e pode se desfrutar de uma grande variedade de jogos como roleta, poker, blackjack, e máquinas caça-níqueis.

7 – Palácio do Príncipe de Mônaco:

O palácio é a residência oficial dos atuais governantes do país. Este palácio de conto de fadas começou sua vida como um forte no século XII, e tinha sido descuidado mas o príncipe Rainiero levou a cabo uma reforma que o deixou como está hoje.

8 – Port de Fontvieille:

Esta marinha possui espaço para albergar 275 embarcações e somente pessoas muito ricas podem pagar os custos para manter estes iates e veleiros ali. Faz 50 anos Port Fontvieille era apenas um enorme espaço de areia rodeado por rochas. A marinha rodeia a costa do povoado de Fontvieille. Suas ruas e prédios rodeiam a orla.

9 – Catedral de São Nicolás de Mônaco:

É a Catedral Nacional do Principado e leva o nome da primeira igreja católica construída no país no século XII e que foi demolida no século XIX. É um templo de design românico e fachada de mármore.

10 – Museu Oceanográfico:

Aqueles que gostam de temas marinhos vão adorar visitar este lugar, que está inteiramente dedicado à ciência marinha. Está num prédio de estilo arquitetônico barroco e localizado frente ao mar mediterrâneo. Foi fundado em 1910 e durante três anos foi dirigido pelo famoso oceanógrafo Jaques Cousteau.