Notícias Réveillon 2021 no Rio de Janeiro : orla bloqueada e previsão de chuva na virada de ano

Praia de Copacabana Réveillon no Rio de Janeiro - Foto RioTur / Sortimentos.com
Praia de Copacabana Réveillon no Rio de Janeiro - Foto RioTur / Sortimentos.com
Praia de Copacabana Réveillon no Rio de Janeiro – Foto RioTur / Sortimentos.com

Notícias Réveillon 2021 no Rio de Janeiro

Réveillon Rio 2021 deve ser com chuva, prevê Inmet

O Réveillon 2021 no Rio de Janeiro pode ser com temperatura mais baixa, chuvas, trovoadas, descargas elétricas, ventos com rajadas e condição de granizo em alguns pontos do Estado. O tempo deve seguir chuvoso até terça-feira, dia 5 de janeiro de 2021, prevê o Instituto Nacional de Meteorologia do Rio (Inmet).

Até o dia 31, quando chega a frente fria vinda do Uruguai, madrugadas e dias devem continuar quentes em todo o Estado. A partir do primeiro dia de 2021, a temperatura deve cair. Até quinta, a temperatura varia de 22 a 36 graus. Já no dia 1º, com a entrada do ar frio, deve variar de 20 a 27 graus, com previsão de chuva até dia 5.

O Sistema Alerta Rio, da prefeitura municipal, prevê para a virada, céu parcialmente nublado e com pancadas de chuva isoladas. No dia 31, a máxima pode chegar aos 38 graus, mas o calor alivia nos primeiros dias de 2021, com máximas de 31 graus no dia 1º e 28 graus no dia 2, além de possibilidade de chuva fraca a moderada durante todo dia.

Réveillon: prefeito em exercício decide ‘fechar’ Copacabana para evitar aglomeração; só moradores terão acesso e ônibus de excursão serão vetados

O prefeito em exercício do Rio de Janeiro, Jorge Felippe (DEM), confirmou o fechamento do bairro em entrevista na tarde de quarta (23.12) ao G1. Metrô entre a Central e Barra da Tijuca deixa  de funcionar às 20h. Outros pontos da orla da Zona Sul e da Barra da Tijuca também terão restrições.

Jorge Felippe deu mais detalhes, e disse que o bloqueio será para todos os carros de pessoas que não sejam moradores, além de ônibus. O metrô, da Central do Brasil até a Barra da Tijuca, também não vai funcionar. O bloqueio acontece a partir das 20h do dia 31.

Medidas anunciadas:

Bloqueio de estacionamento na orla e ruas no entorno a partir de 00h01 do dia 31 de dezembro;

Bloqueio da circulação de transporte público para acesso a Copacabana e Barra da Tijuca a partir das 20 horas do dia 31;

Quiosques poderão funcionar desde que sem venda de ingressos, shows, instrumentos sonoros e sem cercados.

Barreira de fiscalização nos limites do município para não permitir acesso de ônibus e vans de fretamento com destino à Orla;

Reunião

A decisão das restrições foi tomada após uma reunião de Felippe com o governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), no Palácio Guanabara.