Exame detalhado de sangue permite identificar se a saúde está em dia

Hematologia hemograma

Hemograma

Ao ir em uma consulta, é comum o médico solicitar um hemograma – exame de rotina detalhado de sangue, necessário para todos em algum momento da vida, que permite ao médico saber como está, de fato, a saúde do paciente.

Segundo a bioquímica, responsável pelo Setor de Hematologia do Laboratório de Análises Clínicas do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), Márcia Tortelli, a realização do hemograma é extremamente importante, pois pode auxiliar no diagnóstico de diversas doenças – como anemias, doenças autoimunes, leucemias, alergias, processos inflamatórios, infecções bacterianas e virais, entre outros problemas. Resultados acima ou abaixo do normal podem relevar se algum processo não está funcionando como deveria no organismo.

Outra funcionalidade do hemograma é verificar se o organismo está reagindo bem ao tratamento medicamentoso ou, também, em casos pré e pós-operatórios. “O exame fornece informações valiosas sobre o paciente, muitas vezes tomadas como ponto de partida para a maioria das investigações médicas”, revela a bioquímica.

O hemograma consiste na medição de três grupos de células sanguíneas. “Glóbulos vermelhos, conhecidos como hemácias, responsáveis pelo transporte de oxigênio pelo organismo; glóbulos brancos, conhecidos comoleucócitos, responsáveis pelo sistema de defesa do organismo; e as plaquetas, responsáveis pela coagulação do sangue”, explica a bioquímica. Para manter a saúde do sangue, hábitos saudáveis de vida são indispensáveis. “Uma alimentação saudável, evitando excessos de sal, açúcares, gorduras e bebidas alcoólicas, e a prática de atividade física regular são essenciais”, orienta.

Preparo para o Exame
Para a realização do exame não é necessário nenhuma recomendação especial. “A coleta pode ser realizada após dieta leve e o jejum não é necessário. Caso contrário, sugere-se jejum de 2 a 4 horas. Além disso, indica-se evitar esforço físico por 30 minutos antes da coleta. O mesmo vale para após o exame”, comenta Márcia.

Segundo a bioquímica, após a retirada de uma amostra do sangue é necessário armazená-lo em um tubo com anticoagulante chamado EDTA. “Esse tem a função de manter as células viáveis e o sangue liquefeito como se estivesse no organismo até a análise, que pode ocorrer em até 8 horas”, comenta.

Você sabia ?
A cor vermelha do sangue vem das células chamadas de hemácias ou glóbulos vermelhos. Dentro delas existe uma proteína chamada hemoglobina, que tem átomos de ferro na sua estrutura. É essa proteína, a hemoglobina, ligada aos átomos de ferro, que dá a coloração vermelha do sangue.

Booking.com