Litoral capixaba Carnaval 2021 : programação cancelada, proibição de festas e até barreiras sanitária

Carnaval em Guarapari no litoral Capixaba - Sortimentos.com Turismo
Carnaval em Guarapari no litoral Capixaba – Sortimentos.com Turismo

Litoral capixaba Carnaval 2021 : programação cancelada, proibição de festas e até barreiras sanitária

Moradores e turistas que vão passar o Carnaval 2021 no litoral Capixaba devem ficar atentos às restrições das prefeituras para evitar aglomerações e até de acesso aos municípios.

Conceição da Barra

  • Em Conceição da Barra, no Norte do litoral Capixaba, um dos principais destinos de foliões no Carnaval, também haverá restrições na realização de eventos e anuncia barreira sanitária das 8h às 18h no Carnaval. O município criou o disque-aglomeração, (27) 98878-9775 e avisa que terá fiscalização sanitária volante por 24 horas. Os carros de som estão proibidos.

São Mateus

  • Município adota ponto facultativo entre os dias 15 e 17 de fevereiro. A prefeitura anuncia que não haverá programação de Carnaval 2021. A Vigilância Sanitária e a Guarda Patrimonial, com o apoio da PM, estarão todos os dias fiscalizando para evitar aglomerações e orientar moradores e turistas a seguirem os protocolos de segurança sanitária. Haverá, barreiras sanitárias em vários pontos do município.

Linhares

  • Não haverá programação de Carnaval – cultural, artística e esportiva – em nenhuma das três praias: Pontal do Ipiranga, Regência e Povoação.

Aracruz

  • A Prefeitura informou que está proibida a realização de qualquer tipo de evento, reforçando que não haverá programação e que comércio deverá funcionar normalmente. A PM reforçou o efetivo para o verão e para o Carnaval, vai intensificar a fiscalização para evitar aglomeração.

Serra

  • A Prefeitura já definiu que não haverá ponto facultativo no Carnaval. Todas as festas, blocos de rua, trios e carros ou caixas de som estão proibidos. Haverá ações de fiscalizações em bares, restaurantes, shoppings centers, lojas de conveniência, distribuidoras de bebidas alcoólicas e casas de shows e eventos. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente da Serra informa que estará nas ruas todos os dias para cumprir o decreto do governo do Estado que proíbe aglomerações e eventos com mais de 300 pessoas. A população pode denunciar festas e aglomerações na cidade através do telefone 162 (ouvidoria), que funciona 24 horas.

Vitória

  • A Prefeitura informou que, por meio do Comitê contra a Covid-19, vai notificar representantes dos blocos de Carnaval do município, para que não haja nenhuma manifestação nos dias de Carnaval. Carro de som é proibido com som alto.

Vila Velha

  • A Prefeitura informou que irá manter o ponto facultativo na cidade, acompanhando o decreto do governo do Estado, nos dias 15, 16 e 17. Nos próximos dias será divulgado decreto normatizando o que poderá ser realizado e o que estará proibido durante o período de Carnaval no município.

Guarapari

  • Está proibida a realização de eventos, blocos e desfiles carnavalescos que possam gerar aglomeração ou fluxo intenso de pessoas. O uso de caixas de som nas praias continua proibido. O objeto será apreendido e a multa é de R$ 2.007. Em áreas residenciais durante o dia, o volume permitido é de 55 decibéis, e no horário noturno é de 50 decibéis. Já em áreas não residenciais é permitido 80 decibéis durante o dia, e 100 decibéis no período da noite. Haverá multa para quem ultrapassar o limite permitido de som em cada situação.
  • Fique atento : Proibida entrada de ônibus, micro-ônibus, vans de turismo ou excursão na cidade até o dia 21 de fevereiro, uma semana após o Carnaval.

Anchieta

  • Anchieta, no litoral sul do Espírito Santo, blocos carnavalescos, marchinhas, matinês e qualquer tipo de música ao vivo na rua estão proibidos. O decreto municipal proíbe uso de instrumentos amplificadores de som nas praias e ruas. A Guarda Municipal, a Fiscalização de Obras, a Fiscalização Sanitária e a Fiscalização Ambiental estão autorizadas a dispersar os cidadãos que estiverem promovendo aglomeração, além de apreender os equipamentos de quem insistir na permanência será multado. O valor pode chegar a R$ 1.950.

Piúma

  • O prefeito Paulo Cola de Piúma anunciou que editará decreto com as regras para o Carnaval e adiantou que não haverá qualquer atração patrocinada pela prefeitura, nem autorização para trio elétrico, blocos carnavalescos, shows e qualquer tipo de evento independente da classificação de risco em que a cidade estiver no Carnaval. A prefeitura aconselha os moradores e turistas da cidade a não se aglomerarem em ambientes públicos ou locais particulares, respeitando o decreto municipal. Haverá fiscalização de equipes da prefeitura e Polícia Militar contra aglomerações.

Itapemirim

  • A prefeitura não vai realizar shows, desfiles de blocos ou marchinhas para evitar aglomerações. Outras restrições serão definidas com os integrantes do sistema de comando de operações.

Marataízes

  • A prefeitura anuncia o cancelamento do Carnaval e manutenção das restrições durante o período da folia. Festas em bares, na praia, desfiles de blocos ou qualquer atividade que gere aglomerações de pessoas estão proibidas. Haverá fiscalizações noturnas, entre 21h e 2h. Se tiver aglomeração, o estabelecimento será multado. Os carros de som estão proibidos.

Presidente Kennedy

  • Não haverá programação esportiva ou cultural durante o Carnaval . O município informou que vai realizar fiscalização contra aglomeração com emprego de equipes da Vigilância em Saúde, Guarda Municipal e apoio da Polícia Militar. Haverá reforço de agentes de segurança nas ruas e guarda-vidas na orla. Não há proibição de carros de som.