Walmart Menino Deus : um novo modelo de negócio ou má gestão

Supermercado Nacional Walmart Menino Deus Porto Alegre

.
A unidade da rede de supermercados WalMart na Rua José de Alencar, nº 998, no Bairro Menino Deus em Porto Alegre, ex Nacional ( bandeira antiga ) adota um novo modelo de relacionamento com os clientes. Entre as iniciativas estão as mudanças no layout na entrada do estabelecimento e a frequente falta de carrinhos. A nova estratégia privilegia as compras rápidas por cestas evitando as filas nos poucos pdvs (caixas, ou checkouts da loja ) em funcionamento. A quantidade insatisfatória de carrinhos para atender a demanda evita a compra de um grande número de itens, descongestionando os caixas. Já, para aumentar o tempo de permanência do cliente no supermercado é mantido um sistema lento no caixa, através de equipamentos e softwares defasados. Para completar as inserções do modelo, estão esteiras que não funcionam e a tradicional falta de empacotadores.

Na contramão da estratégia estão as ações de marketing da rede supermercadista que investe milhares de reais em anúncios na mídia que motivam clientes à comprar em quantidade ou variedade de itens. O modelo de negócio fica confuso. De um lado, a empresa investe em comunicação e por outro desqualifica o atendimento no ponto de venda. A falta de carrinhos e a demora nos pdvs são alguns dos motivos que podem inibir um ticket maior e o retorno do cliente ao Walmart, variáveis que fazem uma desconstrução do marketing. Um modelo de negócio que atinge diretamente o marketing, pois não faltarão os comentários “a campanha de vocês não deu certo”, quando na verdade, foi o operacional que falhou.

Então, fico com a questão. É um novo modelo de negócio, o qual eu não entendi ? A unidade em destaque é um piloto de loja conceito ? Ou é má gestão ? Algum especialista em administração e ou gestão de supermercados poderia ajudar à entender a situação ? Pois, entendo como uma má gestão que vai da gerencia da unidade até a presidência.

Para os ‘corneteiros’ de plantão : não é um texto jornalístico, é uma manifestação pessoal. O mesmo texto foi encaminhado à Walmart. Se respondido, publicarei na integra.

Por Fábio Juchen, editor de sortimentos.com

Nota Walmart

Na tarde de segunda-feira (5.11.18) recebi por email, nota enviada pela assessoria de imprensa do Walmart, que reproduzo a seguir.
“Posicionamento:
O Walmart Brasil preza pela constante atualização de seus sistemas de atendimento e estruturas de ponto de venda para oferecer a qualidade que nossos clientes merecem. Estamos avaliando internamente os fatos relatados para identificar e aplicar as necessárias correções. Agradecemos sua contribuição e nos colocamos à disposição para esclarecimento.”
Agora fica a expectativa das ações da empresa na qualificação do ponto de venda.

.