Porto Alegre recebe a maior exposição fotográfica a céu aberto do Brasil

Street Expo Photo Porto Alegre - Fotos Marcos Monteiro
Street Expo Photo Porto Alegre – Fotos Marcos Monteiro

Porto Alegre recebe a maior exposição fotográfica a céu aberto do Brasil

Terceira edição da Street Expo Photo, na escadaria o viaduto da Borges de Medeiros, em Porto Alegre, com curadoria de Marcos Monteiro, apresenta 235 cliques de fotógrafos de 10 estados do Brasil, além de Portugal, França e Canadá  

A mostra tem como tema “Vida” – antes e pós pandemia” e está em exibição até 12 de janeiro de 2021 na escadaria do viaduto da Borges de Medeiros – um dos pontos mais icônicos da capital gaúcha, exatamente no mês em que completa seus 88 anos de construção. Uma curiosidade: neste ano, pela primeira vez, o número de mulheres participantes é maior – tendo um painel exclusivo de fotógrafas do coletivo porto-alegrense “Essas Mulheres”.  

A edição de 2020 da Street Expo Photo é composta por 16 painéis de 2 metros cada, cobrindo quase 40 metros das paredes da Escadaria Verão do viaduto da Borges de Medeiros, junto à rua Duque de Caxias. A maior exposição a céu aberto do país conta com a participação de fotógrafos emergentes e renomados tais como Márcio Scavone (São Paulo), Lucille Kanzawa (São Paulo), Lu Brito (Bahia), José Medeiros (Mato Grosso), Luís Pereira (Portugal), Ricardo Labastier (Bahia), Fred Gustavos (Mato Grosso), Wander Rocha (Rio de Janeiro), Emma Radenac (França), Fernando Bueno (Rio Grande do Sul), dentre outros.

“A arte e a cultura são um grande ponto de resistência, encontro e descobertas para muitos, que buscam nelas um alento e uma forma inspiradora e emocional de enfrentar esta realidade tão dura”.

Alexandre Eckert, assistente de produção da Street

Na rua, de forma ampla e democrática, onde a exposição se realiza, a proteção e a impessoalidade trazida pelas máscaras e pelo distanciamento, seguem salvando vidas e a arte permanece potencializando a construção de interpretações, criando esperança, na sua eterna vocação de transformar, mudando futuros, trazendo novas oportunidades para quem a realiza, percebe e vivencia a cada novo dia:

“Em tempo algum a arte se mostrou tão importante quanto agora nesse momento de pandemia. Mais do que nunca a arte precisa ir para junto do povo nas ruas, já que os museus e galerias estão fechados. E a Street reforça esse propósito”.

idealizador Marcos Monteiro