Litoral paulista verão 2021 : giro de notícias São Sebastião, Bertioga, Mongaguá, Ilha Comprida e Iguape

Verão em Mongaguá no litoral paulista - Sortimentos.com Turismo
Verão em Mongaguá no litoral paulista – Sortimentos.com Turismo

Litoral paulista verão 2021 : giro de notícias São Sebastião, Bertioga, Mongaguá, Ilha Comprida e Iguape

:: Defesa Civil do Estado de São Paulo alerta para pancadas de chuva forte, com momentos de tempestade severa, seguidas por raios e ventos em toda a região da baixada Santista

:: São Sebastião realizaram 345 ações de fiscalização e segurança entre 21 de dezembro de 2020 e 15 de janeiro de 2021

:: Inscrições para aquisição de Carteira de Acesso Gratuito aos pontos turísticos de Mongaguá terminam no dia 28 de janeiro

:: Município de Ilha Comprida contará com mais um espaço de lazer e turismo no antigo Porto da balsa – patrimônio histórico da cidade – com as obras de Requalificação Turística que prosseguem na Orla do Mar Pequeno

:: Prefeitura de Iguape não pretende liberar o retorno das aulas da rede pública municipal no primeiro bimestre de 2021

Alerta

De 22 a 24/01/2021, a Defesa Civil do Estado de São Paulo informa que haverá condições para pancadas de chuva forte, com momentos de tempestade severa, seguidas por raios e ventos em toda a região da baixada Santista. Como em vários locais o solo já está bastante úmido devido a tempestade do começo da semana, ressalta-se a importância de atenção especial para as áreas mais vulneráveis, pois há risco de deslizamentos, alagamentos e ocorrências relacionadas a raios e ventos.

São Sebastião

Guarda Civil Municipal de São Sebastião realizaram 345 ações de fiscalização e segurança entre 21 de dezembro de 2020 e 15 de janeiro de 2021. Foram :

  • 57 operações de Fiscalização de Posturas;
  • 28 estabelecimentos autuados/notificados;
  • 31 operações contra a perturbação de sossego, de Costa Sul à Costa Norte;
  • 46 fiscalizações em transporte coletivo;
  • 59 acompanhamento das medidas protetivas (patrulhamento em cumprimento à Lei Maria da Penha);
  • 60 comércios fiscalizados e orientados de acordo com os protocolos sanitários de Covid-19.
    Para denunciar irregularidades: 153 ou 190.

Bertioga

As autorizações para entrada de ônibus e vans em Bertioga agora devem ser solicitadas pelos telefones (13) 3319-9150 e (13) 3319-9158 ou através do e-mail: turismobertioga.autorizacao@gmail.com. Para serem autorizados a entrar na Cidade, os automóveis precisam ter local de destino e estacionamento previamente definidos. A fiscalização é feita diariamente, com atenção especial durante os finais de semana e feriados.

Mongaguá

As inscrições para aquisição de Carteira de Acesso Gratuito aos pontos turísticos de Mongaguá terminam no dia 28 de janeiro. Os moradores de Mongaguá, interessados em adquirir ou renovar as carteirinhas para acesso gratuito ao Parque Ecológico Humberto Salomone (Poço das Antas), Parque Ecológico A Tribuna e Plataforma de Pesca, não podem perder tempo. O período de inscrições foi ampliado por conta da pandemia.

A gratuidade é concedida para a visitação dos pontos turísticos de segunda a sexta-feira, exceto feriados. Para conseguir a gratuidade, basta comparecer na Diretoria de Turismo (Avenida Marina, 37), das 9 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

Para receber o benefício, é necessário se enquadrar em alguns quesitos: ser residente e domiciliado em Mongaguá há, no mínimo, dois anos ininterruptos, que podem ser comprovados por titularidade de propriedade, contrato de locação ou outros documentos previstos na legislação de registros públicos; cópias de três meses de comprovantes de renda de até um salário mínimo e meio; cópia do comprovante de IPTU 2020 adimplente até a data do pedido da gratuidade (últimos 12 meses); cópia da conta de energia elétrica, água ou telefone dos últimos três meses; cópia do título de eleitor inscrito na Comarca de Mongaguá; cópia do RG e CPF; e uma foto 3×4. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (13) 3507-2820.

Ilha Comprida

O município de Ilha Comprida contará com mais um espaço de lazer e turismo no antigo Porto da balsa – patrimônio histórico da cidade – com as obras de Requalificação Turística que prosseguem na Orla do Mar Pequeno. Aprovadas, por unanimidade, pelo Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) da Ilha Comprida , a Requalificação conta com Museu do Mar, Mirante com oito metros de altura, Centro de Apoio ao Turista, duas Lanchonetes, Espaço do Artesão, Área de embarque do catamarã, atracadouro para embarcações de porte, deck para observação do Mar Pequeno, Centro de Instrução Náutica, estrutura de apoio para caiaques e stand ups e sanitários.

A requalificação acontece com recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias Turísticas (DADETUR), órgão da Secretaria de Estado de Turismo, e devem ser finalizadas até o final do ano. O prefeito Geraldino Júnior destaca que as obras irão valorizar o Mar Pequeno, o patrimônio histórico do Porto da Balsa e impulsionar o turismo náutico na Ilha Comprida, em todas as estações do ano.

Iguape

Reunião virtual do Codivar – Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira, definiu que não haverá a volta às aulas 2021 previstas para o dia 1º de fevereiro, com possibilidade de retorno das aulas presenciais em março. Parte dos representantes municipais opinou pelo retorno das aulas presenciais apenas no segundo semestre. Até lá as aulas seguiriam de forma remota. Nova reunião marcada para o dia 25 de janeiro decidirá uma data comum para todos os municípios.

O posicionamento firmado de Iguape e a ser consubstanciado em decreto municipal é de não retorno às aulas da rede pública municipal no primeiro bimestre, pelo menos, até uma avaliação mais precisa. Assim que em fevereiro e março as aulas continuarão sendo ministradas de forma remota.

Creches não possuem previsão de retorno às aulas, haja vista dificuldades maiores e o fato de que pelo calendário oficial a vacinação de crianças só se dará no mês de julho. No que respeita à rede privada de ensino e rede pública estadual em Iguape, a decisão pelo retomada ou não das aulas ficará a cargo de cada unidade escolar particular e do Estado, respectivamente.