Indústria calçadista pode empregar laminados flexíveis de PVC no conceito vegano

Calcado Vegano

Indústria calçadista

Empresa de revestimentos sintéticos lança linha “Vegan Premium”, material para calçados, bolsas e acessórios isento de matérias-primas e aditivos de origem animal. A empresa pesquisou, selecionou e substituiu matérias-primas para desenvolver um produto livre de qualquer traço de origem animal, sendo uma das primeiras no Brasil a oferecer à indústria calçadista laminados flexíveis de PVC no conceito vegano. Para garantir a isenção de qualquer vestígio animal no laminado sintético, os fornecedores de matérias-primas emitem documento comprovando que os insumos estão livres de aditivos de origem animal.

A linha “Vegan Premium” é polivalente, possibilita a confecção de calçados femininos, masculinos, infantis, bolsas, entre outros. O material é monoelástico, com dublagem opcional, 100% free ftalatos, anti-hidrólise e de alta performance. No mercado, o produto pode ser encontrado com brilho natural no topo e aspecto que remete ao couro pelica e na combinação de estampa de couro e cera que propicia um efeito atanado. Na cartela de cores, tons terrosos, neutros e novidades como cenoura e cinder.

Tendência do veganismo
Para bolsas, mochiletes e pastas executivas há três versões : laminados que formam desenhos diagonais a partir da textura de linhas com espaços mínimos que se cruzam; floater miúdo e toque ultrasoft; e com aspecto de couro e grânulos marcantes.