Nutricionista Avany Bon comenta as vantagens e desvantagens do uso do suplemento alimentar

Saúde suplemento alimentar

É cada vez mais notória a preocupação das pessoas com a estética e a saúde. Alimentação saudável e exercícios físicos regulares deveriam ser ações mais indicadas para essa conquista. Porém, parece não ser mais o suficiente para muitas pessoas que, em busca do corpo ideal, recorrem a métodos que acabam por sacrificar à saúde em nome da beleza. O uso indiscriminado e sem indicações médicas de suplementos alimentares podem causar danos irreversíveis e, até mesmo, a morte.

Os suplementos são feitos de minerais, vitaminas, extratos de tecidos, produtos herbais, proteínas e aminoácidos etc. Parecem inofensivos, mas somente se tomados de forma adequada e indicados por um profissional. Dessa forma, os resultados podem ser satisfatórios, mas é preciso estar sempre atento para não tornar-se refém do produto, trocar refeições por suplementos e nem fazer um uso maior do que o indicado. É preciso que haja uma avaliação médica ou nutricional para que seja detectada a necessidade de tais nutrientes – e, a partir de então, a escolha de quais são os melhores suplementos para cada caso.

No entanto, entre 25% e 50% dos suplementos alimentares possuem substâncias prejudicais para a saúde, como anabolizantes e a sibutramina, classificadas como ilícitas e proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). O perigo torna-se ainda maior quando a compra desses produtos é facilmente possível via internet e em diversos locais físicos, como lojas de suplementação, academias e até mesmo em supermercados, sem a necessidade de receita ou orientação médica.

“Quando tomados sem indicação e conhecimento, os suplementos podem causar problemas nos rins e fígado. Evite esses incômodos com o auxílio de um profissional”, afirma Avany Bon, coordenadora do curso de Nutrição da Anhembi Morumbi, integrante da rede internacional de universidades Laureate. “É extremamente necessário observar a procedência destes produtos, que, muitas vezes, tem componentes omitidos dos rótulos”, ressalta. Para não se tornar uma vítima do consumo de substâncias inadequadas, é preciso que as pessoas sejam extremamente cautelosas e atentas durante a escolha. A suplementação em doses incorretas ou com o nutriente errado pode causar um desequilíbrio no organismo e suas substâncias podem trazer problemas no metabolismo ósseo, renal e hepático, além de provocar infartos e acidentes vasculares cerebrais.

O atleta precisa ter a consciência que para adquirir resultados satisfatórios é necessário muito treino, disciplina, acompanhamento de um profissional nutricionista e calma. Saídas supostamente consideradas milagrosas e rápidas são sempre falsas e perigosas e podem causar problemas para o resto da vida.