Coronavirus no Rio Grande do Sul : notícias e atualização de casos (23.03.20)

Flash News Corona Virus no Brasil e no Mundo
Flash News Corona Virus no Brasil e no Mundo

Coronavirus no Rio Grande do Sul : notícias e atualização de casos (23.03.20)

Oito novos casos de Coronavirus foram confirmados na segunda, em Porto Alegre.São 4 mulheres de 42, 16, 66 e 38 anos. Quatro homens de 72, 59, 43 e 58 anos. Total 68 casos confirmados e 279 negativos.

Último boletim epidemiológico da SES, na segunda-feira, às 18h, registrava 96 casos de coronavírus no RS. Os último registros foram em Bagé, Canoas (2), Capão da Canoa, Cruzeiro do Sul e Santiago.

O número de casos de contaminação pelo novo coronavírus reportados à Organização Mundial da Saúde (OMS) em todo o mundo chegou, na segunda-feira, a 334.981, e o de mortes, a 14.652 desde que a pandemia começou na China. Nas últimas 24 horas, houve um aumento de quase 40 mil casos notificados à OMS e de 1.750 mortes.

Casos de Covid-19 no Brasil vão a 1.891, com 34 mortes. 30 em São Paulo e 4 no Rio de Janeiro. Todos os estados registram casos da doença.

Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) informou que, a partir de terça-feira, realizará atendimento presencial aos clientes na rede de agências somente com horário previamente agendado com a agência ou gerente de relacionamento. Para agendar a visita, o cliente deve ligar para o telefone da sua agência.

FecomércioRS pede à Secretaria da Fazenda prorrogação dos prazos para tributos de micro e pequenas empresas.

Intervalo maior entre viagens no Trensurb e no transporte coletivo geram maior concentração de pessoas nos veículos e estações / paradas. Medida distante de qualquer prevenção contra o CoronaVirus.

Guaíba restringe horário do transporte público urbano e determina fechamento do comércio

Postos de combustíveis e bancos são autorizados a reduzir horário de atendimento durante pandemia

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul acolheu um pedido de liminar e suspendeu, nesta segunda-feira, a lei aprovada pela Assembleia Legislativa que autoriza o Executivo a estabelecer novas alíquotas previdenciárias aos servidores estaduais, exceto para Brigada Militar. Os índices aprovados vão de 7,5% a 22%. A decisão é do desembargador Eduardo Uhlein, que alegou os impactos econômicos motivados pelo novo coronavírus. A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) informou que respeita a decisão, mas que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Mais de 250 policiais militares são afastados por suspeita de coronavírus no RS

Prefeitura de Gramado confirma dois casos de coronavírus; pacientes não são moradoras da cidade