Réveillon 2021 em Guaratuba no litoral paranaense : cancelada festa da virada e proibida abertura de casas noturnas, boates e similares

Guaratuba Réveillon 2021 no litoral paranaense
Guaratuba Réveillon 2021 no litoral paranaense

Réveillon 2021 em Guaratuba : cancelada festa da virada

Publicado na sexta-feira (18.12), o Decreto Nº 23.626 mantém medidas temporárias e integradas de enfrentamento da pandemia da Covid-19. 

Ficam mantidas por prazo indeterminado, as normas de regulamentação da prática de atividades e da realização de serviços essenciais e não essenciais na cidade para a proteção da coletividade.

Shows, trios-elétricos e queima de fogos não deve acontecer no Réveillon 2021 nos municípios do litoral do Paraná. Reunião entre os prefeitos das cidades e a Secretaria de Estado da Saúde na sexta-feira (04/12), definiu protocolo único de restrições de combate à pandemia da Covid-19, em todo o Litoral paranaense.

As medidas planejadas em conjunto tem objetivo evitar a propagação do vírus, durante as festas de fim de ano.

Guaratuba : decreto com regras de enfrentamento à Covid

O prefeito Roberto Justus assinou na terça-feira (8.12) decreto que institui as medidas de prevenção à Covid-19, semelhantes às que estão sendo adotadas nos demais municípios do Litoral paranaense. 

Os atos não trazem muita mudança no que se refere à restrições, principalmente porque neste momento há um compromisso firmado por todos os prefeitos do Litoral de respeitarem as normas constantes do decreto do governo estadual nº 6.294/2020, que visam conter o aumento de casos da doença.

O Decreto Municipal nº 23.605 foi publicado no Diário Oficial nº 731 e foi definido em conjunto pelos prefeitos da região, a 1ª Regional de Saúde e o Comitê Intermunicipal de Enfrentamento à Covid-19. Os decretos municipais vigoram até o dia 18, mesmo prazo do decreto estadual que instituiu o toque de recolher e outras restrições.

As regras para o comércio, serviços e todas as atividades estão detalhadas em três anexos. Quem não cumprir, estará sujeito às penalidades descritas no documento e à responsabilização administrativa, civil e penal. 

“Estas disposições poderão ser revistas a qualquer momento, a partir de critérios objetivos, técnicos e científicos, levando em consideração a transmissão comunitária e a situação epidemiológica da Covid-19 no município, nos municípios circunvizinhos, na 1ª Regional de Saúde do Estado do Paraná”, informa o texto publicado. “O disposto neste decreto não invalida as medidas adotadas nos decretos municipais vigentes, naquilo que não forem conflitantes, respeitadas ainda as normas estaduais vigentes”, acrescenta.

Conforme o prefeito havia informado na reunião da Amlipa (Associação dos Municípios do Litoral do Paraná) da sexta-feira (4.12), não serão adotadas medidas como lockdown e barreiras nas entradas da cidade. Além das regras determinadas pelo Estado, o foco será a responsabilidade consciente de toda a população, com a realização de Blitz Sanitária Educativa Intermunicipal.

Essencialmente, são as mesmas regras que vêm sendo exigidas desde outubro. Para a rede hoteleira, além do cumprimento de normas sanitárias estritas, os quartos devem permanecer 24 horas sem uso (em quarentena) após a desocupação.

A capacidade máxima de restaurantes, lanchonetes e demais serviços de alimentação está condicionada ao máximo de 4 pessoas por mesa, com distanciamento de 2 metros entre as mesas. 

Devem funcionar com até 30% da sua capacidade máxima supermercados, mercados, distribuidoras de bebidas, lojas de conveniência de postos de combustível, distribuidoras de gás e água, bancos, casas lotéricas, lojas de materiais de construção, vestuário, cosméticos, utilidades, produtos de limpeza e higiene pessoal, comunicação, computação, celulares, móveis e piscinas, floriculturas, gráficas, escritórios profissionais, despachantes e cartórios.


Também foram criadas regras específicas para o funcionamento de áreas sociais e áreas de lazer de áreas públicas, condomínios, restaurantes, praças de alimentação, hotéis e comércios em geral. Ficam proibidas as casas noturnas, baladas, boates e similares.
Acesso o Decreto Municipal nº 23.605

Eventos cancelados : Réveillon, Carnaval e programação verão

“Está definido, não vai ter festa de Réveillon, não vamos ter festa de Carnaval, aniversário de cidades”

prefeito de Guaratuba Roberto Justus (DEM)

Sobre atividades econômicas

“Não há intenção de se fazer lockdown, de se fazer o fechamento do comércio, das atividades empresariais. O que há é a necessidade de se definir normas de prevenção e que façam valer para toda região.”

prefeito de Guaratuba Roberto Justus (DEM)

Guaratuba Réveillon 2021 no litoral paranaense

#Réveillon2021 #Réveillon #AnoNovo #ViradadeAno #FestasdeRéveillon #FestadeRéveillon #GuaratubaRéveillon #GuaratubaRéveillon2021 #RéveillonGuaratuba #Guaratuba #GuaratubaAnoNovo #GuaratubaViradadeAno #Paraná #ParanáRéveillon2021 #ParanáRéveillon #LitoraldoParanáRéveillon #LitoraldoParanáRéveillon #RéveillonLitoralParanaense #LitoralParanaenseRéveillon #LitoraldoParaná #LitoralParanaense #RéveillonCancelado