De Lazzari traz novos conceitos em mobiliário urbano

De Lazzari mobiliarios urbanos

A marca De Lazzari traz novos conceitos em bancos, bicicletários, floreiras, lixeiras, painéis informativos e balizadores para áreas privadas e públicas

Ambientes de convivência mais agradáveis e bonitos aos olhos. Essa é a filosofia de vida, e de trabalho, dos arquitetos Antelmo e Bruno de Lazzari, da De Lazzari – Mobiliário Urbano. Desde 1998, a marca de Porto Alegre trabalha para deixar praças, paradas de ônibus, áreas externas e internas de prédios públicos e privados transformados. Entre as criações estão bancos, lixeiras, floreiras, bicicletários e balizadores com desgin e com materiais que respeitam o meio ambiente.

“Nosso mobiliário prima pela simplicidade e elegância, aliadas à resistência necessária às severas condições de uso e atitudes urbanas. Tornar as praças, parques e jardins mais acolhedores, vivos e belos é um objetivo sempre presente em nossos desenhos”, afirma Antelmo, profissional com mais de 30 anos em construção civil e produção de mobiliários. As grandes estrelas são os bancos. Feitos a partir de aço, chapa metálica, concreto ou madeira, possuem design diversos. Destaque para as linhas Tangram, Organic e Croma.

De Lazzari mobiliario urbano

Na linha Tangram, o charme fica por conta da base de concreto e assento em madeira composta. Pode ser modulável e usado de diversas formas, assim como o famoso quebra-cabeça chinês do qual vem seu nome. A Organic chama atenção pelo conceito despojado. Com pés de madeira ou concreto, o assento em chapa metálica é recortada em curvas, o que possibilita diversas composições. Totalmente em aço, com chapas recortadas e dobradas, a Croma apresenta uma leveza que torna a peça apropriada tanto para ambiente externos quanto internos, sem deixar de lado a resistência e rigidez que o aço propicia. Um banco que dá personalidade a qualquer tipo de empreendimento.

“O mobiliário urbano é tão importante que só percebemos quando ele não está presente ou quando está danificado. A ausência dele pode transformar um lugar feio ou até mesmo desconfortável”, afirma Bruno, especialista em projetos de exteriores que vai da escala urbana até a micro-acessibilidade. Além de bancos, são produzidas lixeiras, bicicletários, balizadores, floreiras, entre outros. Fora do Rio Grande do Sul, a De Lazzari – Mobiliário Urbano vende para Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Maranhão e Pernambuco. No estado gaúcho, há peças na PUCRS, Colégio Farroupilha, Colégio Pan Americano, Univates, Insituto Ling e empreendimentos da Melnick e Cyrella. Há, ainda, painéis de mídia na Região Metropolitana.

Com design que segue a tendência nos principais pólos de arquitetura do mundo, não é apenas com a estética que a marca está preocupada. O cuidado e a relação com o meio ambiente é um fator sempre constante nos projetos. São usadas madeiras nacionais e certificadas, concreto de alta performance e peças metálicas com alta proteção anti-corrosão, para maior durabilidade. Importante ressaltar, ainda, que a De Lazzari – Mobiliário urbano desenvolve um trabalho com os arquitetos, urbanistas e engenheiros locais. A conversa ajuda na concepção do desenho e produção de mobiliários específicos para novos projetos. Para 2016, os planos da empresa são ambiciosos. “Queremos expandir o mercado de atuação, e a linha de produtos, sempre melhorando a qualidade construtiva”, afirma Bruno