Coronavirus no Brasil: discurso de um presidente irresponsável

Flash News Corona Virus no Brasil e no Mundo
Flash News Corona Virus no Brasil e no Mundo

Coronavirus no Brasil: discurso de um presidente irresponsável

Em pronunciamento na TV, Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, pede reabertura de comércio, escolas e fim do ‘confinamento’. 

“Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de ‘terra arrasada’, com proibição do transporte, fechamento do comércio e confinamento em massa”, disse. 

“O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o de pessoas com mais de 60 anos. Então, por que fechar escolas?”, perguntou .

Bolsonaro invocou a sua condição de “atleta” ao dizer que não ficará preocupado se contrair o vírus e repetiu que para “90% da população” será só uma “gripezinha”. “Raros são os casos fatais”, garantiu. 

Na avaliação de Bolsonaro, o coronavírus pode ser classificado como uma simples gripe .

“No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus não precisaria me preocupar, nada sentiria ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho, como bem disse aquele conhecido médico daquela conhecida televisão”, alfinetou.

O presidente não anuciou nenhuma nova medida para conter o avanço da pandemia e culpou a imprensa por uma “sensação de pavor” e de causar uma “verdadeira histeria no país”.

Durante o pronunciamento, foram registrados panelaços em várias capitais do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza e Brasília.

Logo após o pronunciamento, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e seu vice, Antonio Anastasia (PSD-MG), publicaram nota em que classificaram o pronunciamento do presidente como “grave” e disseram que “o país precisa de uma liderança séria” neste momento.

“Neste momento grave, o País precisa de uma liderança séria, responsável e comprometida com a vida e a saúde da sua população. Consideramos grave a posição externada pelo presidente da República hoje, em cadeia nacional, de ataque às medidas de contenção ao Covid-19. Posição que está na contramão das ações adotadas em outros países e sugeridas pela própria Organização Mundial da Saúde (OMS)”, afirmaram.

O número de infecções pelo novo coronavírus no Brasil ultrapassou 2 mil nesta terça. No total, o vírus vitimou 46 pessoas — uma delas, de um paulistano de 33 anos. No mundo, são 16.362 mortes e 375.498 casos, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).

CoronaVirus Giro News

Prefeitura de Campina Grande (PB) adia para outubro o Maior São João do Mundo

Apreensões de drogas e cigarros aumentam mais de 300% com fechamento das fronteiras. 

Para aumentar o número de leitos de UTI no Nordeste, juntos, os governos da Bahia e do Ceará vão comprar respiradores da China.

ANEEL suspende corte de energia por inadimplência por 90 dias