Triumph amplia linha cruiser no Brasil com Thunderbird Commander

Triumph cruiser Brasil 2014 Thunderbird Commander (1)

A Triumph está ampliando no mercado brasileiro a sua linha de motocicletas do crescente segmento cruiser, que já contava com os modelos Thunderbird Storm e Rocket III Roadster. A partir de hoje, começa a ser comercializada no País, também, a Thunderbird Commander, apresentada mundialmente em 2013. Em relação à Thunderbird Storm, a nova Commander traz inovações como um visual mais clássico com o uso maior de elementos cromados, banco mais confortável e novo pneu mais largo na dianteira – e tudo isso mantendo o mesmo motor imenso, chamado de T16, de 1.699 cc. “A nova Thunderbird Commander reforça a atuação da marca neste mercado e amplia ainda mais as opções para o público da Triumph, que consegue aliar o tradicional estilo cruiser com muita tecnologia e tradição”, explica Fernando Filie, gerente de Marketing da Triumph Motorcycles Brazil. A motocicleta chega às 12 concessionárias Triumph com preço sugerido de R$ 53.900,00. Uma das características mais marcantes do novo modelo é o seu visual imponente e vigoroso, que chama a atenção em qualquer condição. Muito mais do que uma questão de estilo, a Commander supera as elevadas expectativas da categoria cruiser graças ao seu potente motor, ao chassi refinado e à uma posição de pilotagem ampla e confortável.

Triumph cruiser Brasil 2014 Thunderbird Commander (4)

A Commander leva o conceito cruiser mais longe ao não abrir mão de valores que normalmente não são associados ao segmento, como conforto, praticidade, confiabilidade e muita tecnologia em cada componente. Antes de qualquer coisa, portanto, a Commander é uma cruiser da Triumph. E esta realidade pode ser comprovada em cada detalhe. O banco da motocicleta, por exemplo, foi remodelado e passou a contar com o dobro da espessura de espuma do que o utilizado na versão Storm. O banco também foi especialmente moldado com laterais maiores e alargadas e conta com um suporte lombar para fornecer conforto máximo até mesmo no final de um longo dia. O material de revestimento contém certo nível de elasticidade para que ele “ceda” conforme o banco se comprime, mantendo a forma ideal e reduzindo pontos de pressão desconfortáveis.

Com isso, a Commander proporciona uma dose ainda maior de conforto ao motociclista e, ao mesmo tempo, mantém a altura baixa do banco, seguindo a linha tradicional de uma autêntica cruiser e garantindo que o modelo seja acessível a uma gama maior de pilotos de diferentes estaturas. Para conseguir isso, foi necessário desenvolver um novo design para a estrutura da Commander, juntamente com uma geometria de direção revisada para acomodar os novos pneus mais largos. A Thunderbird Commander utiliza o propulsor com dois cilindros paralelos que é utilizado na versão Storm. Equipado com um par de pistões forjados do tamanho de um pires, duplo comando, oito válvulas e 270° graus de intervalo de ignição, este motor produz 93,8 cv de potência (a 5.400 rpm) e 151 Nm de torque (a apenas 3.550 rpm). São números que garantem incrível flexibilidade e versatilidade à motocicleta, seja acelerando em estrada aberta ou no tráfego da cidade, permitindo que o modelo vá de baixas a altas velocidades sem dificuldades e com muita rapidez.

Triumph cruiser Brasil 2014 Thunderbird Commander (2)

O trabalho cuidadoso de desenvolvimento realizado pelos engenheiros da Triumph garante que a Commander aproveite todo o seu desempenho através da sua transmissão de seis marchas precisa e suave. A transmissão final do conjunto utiliza correia dentada, para garantir menos manutenção e vida mais longa ao equipamento. Para a Triumph, é importante que o ronco do motor esteja na mesma sintonia do seu desempenho. Por isso, o modelo conta com um sistema de escape desenvolvido para este fim. No visual do conjunto, destaque para o par de tubos coletores amplos que sai dos cilindros com um corte simples, antes que estes se dobrem em direção aos silenciadores, em uma homenagem à herança venerada do tradicional cilindro duplo paralelo da Triumph. Além disso, vale destacar as aletas usinadas e a tampa cromada do propulsor, instaladas junto à caixa de motor, e os tambores escuros, que formam um visual bonito e imponente.

O estilo inigualável da motocicleta também é reforçado pelos garfos de aço inoxidável polido, faróis duplos tradicionais da marca, emblemas Commander feitos sob medida e pelo conjunto de lanterna e indicadores traseiros em LED, que, juntos, criam uma cruiser muito elegante e com personalidade própria. Para compor este visual, também contribui o aspecto robusto dos pneus e das suas rodas de 17 polegadas na traseira e na dianteira. Um motor com desempenho tão elevado exige um chassi igualmente eficiente e capaz de atender a premissa da Triumph de que toda motocicleta, independentemente do seu estilo, deve ser ágil e estável, deve contar com uma direção neutra e previsível e dispor de suspensão e freios de alta performance. A Thunderbird Commander não é uma exceção e cumpre totalmente este objetivo. Sua nova estrutura central de tubos de aço apresenta geometria otimizada para manter características de direção consistentes e controláveis.

Triumph cruiser Brasil 2014 Thunderbird Commander (3)

Há outras características que garantem mais facilidade e segurança no uso da Thunderbird Commander, e são dignas de motocicletas esportivas de alto desempenho. O modelo apresenta, por exemplo, garfos Showa de 47 mm, amortecedores traseiros duplos Showa com pré-carga ajustável em cinco posições e molas de elasticidade dupla. No sistema de frenagem, pinças de freio Nissin de quatro pistões e discos duplos flutuantes de 310 mm na dianteira, com pinça de freio Brembo de dois pistões e disco fixo de 310 mm na traseira. O sistema ABS é item de série. A partir do momento em que a Thunderbird Commander começa a se movimentar, o seu piloto logo entenderá que ela foi desenvolvida tendo o controle de manuseio como prioridade. Uma direção leve e neutra, por exemplo, compensa a largura maior do pneu. A distribuição de peso do motor foi planejada para que o centro de gravidade da motocicleta seja focado na frente e abaixo dos joelhos do motociclista, garantindo à Commander uma inclinação suave e equilibrada nas curvas. A ergonomia da Commander também foi pensada para explorar todas as facetas do desempenho do motor e do chassi. Um bom exemplo foram as mudanças efetuadas no banco do piloto.

Suas pedaleiras de alta qualidade são feitas de alumínio cromado, apresentando placas protetoras substituíveis. O guidão oferece uma posição das mãos ampla e, ao mesmo tempo, com sensação natural, enquanto o chicote elétrico foi embutido dentro das barras para proporcionar uma visão limpa e livre para o pilotoOutros detalhes práticos e marcantes incluem um imobilizador de chave codificado e o console do painel de instrumentos bem posicionado, montado sobre o tanque, e contendo velocímetro analógico clássico, medidor de combustível e uma tela de LCD com informações como autonomia, hodômetro, relógio – tudo com fácil acesso ao piloto. Parte da atração da Thunderbird Commander é a sua capacidade de ser customizada conforme o gosto pessoal do piloto – e, portanto, uma ampla variedade de acessórios está disponível para equipar a moto. A motocicleta chega ao mercado brasileiro com duas opções de cores: Crimson Sunset Red/Lava Red e Phantom Black/Storm Grey.