Studio School : escola bilíngue de educação infantil em Porto Alegre

Vanessa Machado e Vanessa Trombini - Foto Martha Reichel Reus
Vanessa Machado e Vanessa Trombini – Foto Martha Reichel Reus

– 

A Studio School, nova escola bilíngue de educação infantil, que atende crianças entre 6 meses a 6 anos de idade em imóvel de 460 m2 localizado na Rua Marquês do Pombal nº 386, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre / RS, oferece um programa pensado e projetado para atender crianças do século XXI, que já nascem imersas no mundo tecnológico e globalizado. “Queremos inovar os métodos de ensino utilizados tradicionalmente e entregar ao mundo crianças felizes, saudáveis, criativas e que cultivem dentro de si o desejo constante de aprender”, comentam as sócias Vanessa Bercht Trombini e Vanessa Gomes Machado.

Iniciativa fundamentada por pesquisa
Para tornar este projeto real foram mais de 10 anos de estudos e pesquisas sobre o nicho infantil para descobrir o que favorece e instiga o aprendizado dos baixinhos. Destes estudos elas identificaram uma razão para oferecer a formação bilíngue desde cedo: “Optamos pelo ensino bilíngue visando aproveitar ao máximo a capacidade cerebral dos pequenos em um momento em que eles estão abertos para a aprendizagem de forma muito natural. 

Outro resultado da pesquisa das sócias foi a constatação que o ambiente interfere na aprendizagem, por isso toda a infraestrutura da nova Instituição foi pensada para estimular a aprendizagem, atiçar a criatividade e atribuir mobilidade ao espaço, pois segundo elas, criança é sinônimo de movimento. “Visando adaptar este espaço escolar às necessidades das crianças da Educação Infantil, criamos uma proposta pedagógica que envolve um sistema de mudança de ambientes onde a criança é levada a interagir em diferentes espaços, fazendo com que o interesse e a sede pelo conhecimento sejam diariamente renovados”, explicam as empreendedoras.

 Studio School Porto Alegre - Foto Martha Reichel Reus
Studio School Porto Alegre – Foto Martha Reichel Reus

Desafio e qualificação
As sócias afirmam que o maior desafio do projeto é encontrar profissionais capacitados para ministrar as aulas, e para que o novo método de ensino obtenha sucesso, a escola oferecerá cursos para capacitar estes professores na utilização de atividades criativas e inovadoras nas aulas, fazendo com que a mudança ocorra em duas etapas: na formação de crianças e na capacitação de profissionais habilitados para ministrar as atividades escolares. E complementam: “fomos educados e tivemos a nossa formação pautada por um olhar e por metodologias diferentes daquelas que as nossas crianças precisam – é preciso se desconstruir e se reconstruir a cada dia”.

As idealizadoras do projeto apostam na formação de profissionais, pois acreditam que quem escolhe a docência como carreira, faz isso porque acredita na mudança. “Quem escolhe ser professor faz isso por amor, e exerce a docência diariamente porque acredita no que faz”. Os educadores são os responsáveis pela formação de futuros cidadãos e por isso devem ser valorizados pela grande importância social que seu trabalho desenvolve.

 Studio School Porto Alegre - Foto Martha Reichel Reus

Salas de Aula
Depois de muito estudo as empresárias desenvolveram salas de aula consideradas e denominadas Áreas de Experimentação, separadas e equipadas tendo por base a teoria de Múltiplas Inteligências – defendida por Howard Gardner no seu livro Estruturas da Mente (1983) – propiciando o ambiente adequado para que a criança se desenvolva e seja estimulada a partir dos seus próprios interesses e habilidades. “O olhar que temos que ter sobre a educação nesta fase é bastante específico – a criança está ali para experimentar o mundo, e faremos a diferença na vida delas proporcionando os ambientes, as oportunidades e os estímulos corretos”, explicam.

-- --