Santana do Livramento e Rivera – Festival binacional de enogastronomia mostra produtos locais

gastronomia - 2

 

 

Para desbravar e fomentar a rica gastronomia fronteiriça e a expansão da vitivinicultura na região, as cidades de Santana do Livramento (Brasil) e Rivera (Uruguai) apresentam o 1º Festival Binacional de Enogastronomia e Produtos do Pampa, que iniciou na quarta-feira (30.07.2014) e se estende até o dia 09 de agosto. O festival, organizado em conjunto pelos dois países, conta com a participação de diversos restaurantes, vinícolas, criadores e produtores locais.

 

 

Na programação estão previstos circuitos de pratos e vinhos nos restaurantes das cidades, degustações, cursos, aulas-show, palestras, fórum, feira de agricultura familiar, exposição de artes e encontros com alguns dos chefs mais renomados da gastronomia brasileira e uruguaia.

 

 


gastronomia - 1

 

 

O festival:

 

 

A alimentação de uma região também é a sua cultura. Fatores como o clima, a história, a situação geográfica, especificidades do solo e a situação político-social de uma região, manifestam características de seu território e por consequência, de sua culinária. A faixa de fronteira Brasil-Uruguai é conhecida por ser um importante destino do turismo de compras e por preservar a cultura “pampeana”. No entanto, este território também conta com uma diversidade cultural que pode ser percebida na mistura de rostos, sotaques, ritmos, paisagens e sabores.

 

 

gastronomia

 

 

O vinho também faz parte da cultura gastronômica local. Cada vez mais ele tem sido qualificado e oferecido como produto turístico. Órgãos públicos estimulam o enoturismo para a região fronteiriça, que hoje desponta como pólo produtor de vinhos finos. Com um bom clima local, a região que abrange Santana do Livramento e Rivera produz uvas que originam vinhos com diferentes tipicidades dentro da própria região.

 

 

O 1º Festival Binacional de Enogastronomia e Produtos do Pampa revela toda a singularidade e a diversidade de Santana do Livramento e Rivera. Estudiosos, produtores, chefs e interessados de ambos os países poderão desfrutar e valorizar esta rica gastronomia fronteiriça.

-- --