Rio Grande do Sul : frentes frias voltam atuar em agosto

São Paulo - Foto Rafael Neddermeyer - Fotos Publicas

O bloqueio às massas polares registrado no Sul do país desde o começo deste julho/17 começa a perder força e as frentes frias voltam a passar sobre o Rio Grande do Sul a partir de agosto. Com isso, o mês de agosto deverá registrar mais frio e chuvas nas áreas, conforme o estudo do climático realizado pela Climatempo, por solicitação do Centro de Operações Integrado (COI) da RGE. A previsão do tempo se repete na área de concessão da RGE Sul e serve como um dos vértices para o desenvolvimento das estratégias operacionais das distribuidoras do Grupo CPFL Energia no Estado.

Segundo o acompanhamento, houve um resfriamento do oceano na costa Oeste da América do Sul, assim como as águas do Atlântico Sul estão retornando à normalidade. Mesmo com a cenário de bloqueio às massas polares na maior parte do país, essa configuração permite um avanço das frentes frias sobre o Estado. As tendências climáticas estão mantidas por mais um mês e não há possibilidade de formação de La Niña ou El Niño até o primeiro semestre de 2018.

Dicas de Segurança
Durante as tempestades com descargas atmosféricas (raios) os seguintes cuidados podem aumentar a sua segurança:

· Não se aproxime e não toque nos cabos elétricos que podem ser rompidos pela queda de árvores e objetos, e avise imediatamente a RGE.

· Evite tocar os aparelhos eletrodomésticos e retire os aparelhos eletrônicos das tomadas.

· Afaste-se de janelas e portas metálicas.

· Evite os banhos nos momentos de tempestades.

· Nunca se abrigue debaixo de árvores. Sempre procure uma casa de alvenaria ou o interior de um veículo.

· Em zonas rurais, não toque e se aproxime de cercas.

-- --