Rio de Janeiro – Loja de artesanato atrai turistas estrangeiros

RIO DE JANEIRO - 1

 

 

Peças de artesãos de 20 estados brasileiros estão em exposição e à venda na loja um projeto do governo federal no Rio de Janeiro até o dia da final da Copa do Mundo (13.07. 2014). A comercialização é feita em estande montado no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, bairro que tradicionalmente atrai turistas estrangeiros.

 

 

RIO DE JANEIRO - 2

 

 

E são eles os principais consumidores do artesanato no local. Segundo o coordenador da loja, Leandro Grange, aproximadamente 200 estrangeiros passam pelo estande todos os dias. Nos finais de semana, a procura aumenta. “Há muitos turistas hospedados aqui no bairro por causa da Copa do Mundo. Aos sábados e domingos há apresentações teatrais e cinema no parque, então a gente acaba se beneficiando desse movimento todo”, afirma Grange.

 

 

RIO DE JANEIRO - 3

 

 

São peças de vários tipos e preços – desde R$ 3,50 até R$ 3 mil. Tem imãs de geladeira, brincos, pulseiras, colares, sandálias, mantas e esculturas. A campeã de vendas é uma cuia feita de coco que custa apenas R$ 6,50. Mas um terço feito de capim dourado (R$ 39) e os vários tipos de brincos não ficam atrás na procura.

 

 

RIO DE JANEIRO

 

 

O suíço James Fountain comprou uma manta para dar de presente para sua mulher e elogiou a qualidade do material. “É interessante que as peças têm relação com a cultura brasileira. Então são uns souvenires muito legais, ótimas lembranças da viagem ou mesmo para dar de presente para alguém que não está aqui, que é o caso da minha mulher”, afirmou o turista.

 

Crédito das fotos: Getty Images

-- --