Bons vinhos, bons pratos e boas cias por Patrícia Lazzaretti

Portugal colheita das uvas

 

Bons vinhos, bons pratos e boas cias

A trajetória entre jantar de gala e um dia em meio aos parreirais para comemorar a temporada da colheita de uvas
por Patrícia Lazzaretti

As regiões vínicas são sempre tão bucólicas e encantadoras. Eu me deslumbro, ainda mais quando estas localidades estão em festa pela temporada de colheita. Fui convidada para participar de uma destas comemorações, e lá fui eu. A recepção começou num hotel, localizado no centro histórico da cidade de Viseu. A cidade é incrivelmente linda. Têm registro de ser povoada desde a era neolítica. Portanto, a magia desta história começa aqui, pois já dá pra ser ter uma ideia das magníficas construções seculares que suas ruas exibem.

Depois de me acomodar, segui para o jantar de Gala das Vindimas, o evento aconteceu num local chamado CVR do Dão. Um espaço com um jardim enorme, onde todos os convidados foram recepcionados atravessando um tapete vermelho, iluminado por luz de velas. A noite estava muito agradável, degustamos vinhos, espumantes e petiscos sob o céu estrelado, assistindo a um coral animado de jovens que cantavam e dançavam criativas coreografias.

Na sequência, todos nos dirigimos ao salão social, onde desfrutamos de um incrível jantar. Todo o cardápio foi uma fusão familiar. Vou explicar: os primos Carlos Lucas, Da Magnum Wines (vinhos, espumantes e licorosos), Joselito Lucas, da Lugrade (produtor de bacalhau), e Antônio Lucas, da Nutriva (padaria, pastelaria, salgados, sobremesas e gelados), são empresários dos setores alimentício e vínico, por isso uma fusão familiar.

O menu foi impecável e a harmonização perfeita. A entrada foi Sopa Rica de Peixes e Crustáceos, com os vinhos Ribeiro Santo Automático e Ribeiro Santo Encruzado. Leve, saborosa e elegante nas duas combinações. Depois teve Bacalhau (da Lugrade) com crosta de broa com verdes salteados e azeite aromatizado com azeitonas secas, com os vinhos Ribeiro Santo Envelope e Ribeiro Santo Vinha da Neve. A crosta enriqueceu a posta de bacalhau, que vinha suculenta e bem equilibrada tanto no tinto como no branco.

Portugal gastronomia

O terceiro prato foi uma Alcatra coroada com crosta de ervas, creme de cogumelos e cogumelos portobello ao forno, com os vinhos Quinta da Alameda Reserva Especial e Carlos Lucas Família. Adoro carne, mas os cogumelos estavam especialmente saborosos, novamente um equilíbrio elegante tanto com tinto, como com o branco.

E agora, a parte preferida da criança aqui: a sobremesa! Foi uma saborosa triologia da Nutriva, tinha gelado artesanal de arroz doce, tarte de amêndoa premium e cheesecake de caramelo salgado. Lembrei do arroz doce que minha mãe faz. Sobre qualquer sobremesa com amêndoa: tenho vontade de levar um pedaço pra casa! Pronto falei! Quanto ao licoroso, estava espetacular!

No dia seguinte fomos todos para a Quinta de Santa Maria, em Cabanas de Viriato, Carregal do Sal, Região do Dão, para a Festa das Vindimas. Foi a primeira vez na minha vida que eu participei da colheita de uvas. Foi tão indescritivelmente incrível, foi de tantas maneiras uma experiência adorável, que não vou conseguir traduzir todas as emoções que senti neste texto. Posso tentar compartilhar um pouco dos meus sentimentos contando que andei em meio aos corredores de parreiras, colhendo os cachos maduros, sob um sol morno e agradável. Tinha todas aquelas pessoas felizes, que, assim como eu, enchiam seus baldes com as uvas. Eu ficava pensando que todas aquelas uvas, uvas que passaram pelas minhas mãos, depois iriam virar vinho. Esta minha viagem mental ficava mais interessante com a melodia de um grupo de músicos, vestidos com trajes típicos do século passado, que acompanhavam a colheita cantarolando músicas bem animadas. Foi lindo! Foi mágico! Parecia um filme.

Portugal colheita das uvas

Nada depois disto poderia superar minhas sensações harmoniosas de contato com a natureza. Mas o fechamento foi magnifico: um decorrer de sábado em meio a muita alegria, bons vinhos e boas comidas em mesas espelhadas ao ar livre em frente a casa principal da quinta, bem no meio das parreiras.

Gostaria de agradecer a atenção que recebi de toda a família Lucas, assim como meu muito obrigada à diretora comercial da Magnum Wines, Rosa Teixeira, à todos os profissionais das respectivas empresas e à Portugal Gourmet por ter promovido meu trabalho junto à todos. Foi lindo!

Portugal colheita das uvas

E aí ?
Espero que tenha curtido minha experiência. Adoraria saber da sua.
Divida comigo sua experiência gastronômica!
O que mais gostou? O que detestou?
Lugares que vc indica e os que não recomenda.
Mande direct pelo insta @lazzarettipati
Msg pelo facebook/patilazzaretti
Ou email pati.lazzaretti.nh@gmail.com

coluna Patricia Lazzaretti Paty Lazzaretti

COLUNA PATRÍCIA LAZZARETTI

Jornalista correspondente internacional/Europa

::>> LEIA TODAS AS COLUNAS de Patrícia Lazzaretti