Mauro Zacher visita OAB para pedir acompanhamento no caso do IPTU de Porto Alegre

Mauro Zacher - Foto : Facebook
Mauro Zacher – Foto : Facebook


Marchezan quer aumentar imposto | IPTU | Vereador combate lei de aumento

O vereador Mauro Zacher, presidente do Diretório Metropolitano do PDT, convidou, na tarde de quarta-feira (13.12.17), a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Rio Grande do Sul, a seguir acompanhando de perto o conflito estabelecido em relação ao projeto de aumento do IPTU apresentado pela prefeitura ao Legislativo.

Zacher agradeceu ao presidente Ricardo Breier a posição pública da entidade, em defesa da liminar que considerou inconstitucional a discussão de proposta com o mesmo objeto na mesma sessão legislativa, concedida na tarde de terça-feira (12.12.17) pelo poder Judiciário e disse esperar que a OAB siga observando os próximos movimentos sobre o tema.

“Esse é um assunto que precisa ter plena transparência e ser discutido com o tempo necessário para que possa, de maneira eficaz, garantir a correção das distorções existentes e o equilíbrio tributário, sem que a sociedade seja penalizada pela fúria arrecadatória da prefeitura”, disse o vereador, que compareceu à sede da entidade acompanhado por Jorge Murgas, um dos advogados responsáveis pelo processo liminar impetrado pelo Diretório Metropolitano.


Prefeito Marchezan : gestão focada em aumento de impostos, retirada de direitos, incompetência, perseguições, abandonos e desmontes

Nelson Marchezan Jr PSDB: uma catástrofe como prefeito
*por Fábio Juchen editor de sortimentos.com

AUMENTOS CONTRA
:: aumento no número de CC’s e projeto de aumento de IPTU
RETIRADA DE DIREITOS
:: Segunda passagem gratuita no transporte público por ônibus
ABANDONOS
:: mobiliário público, praças e ruas
PERSEGUIÇÕES, OFENSAS E PARCELAMENTO
:: os servidores públicos municipais são vítimas frequentes do seu ódio
DESMONTES
:: do projeto de educação, da Carris e Dmae
FALTA DE TRANSPARÊNCIA
:: falta de divulgação do caixa da Prefeitura
INCOMPETÊNCIA E DESCASO
:: a EPTC não cobrou nem fiscalizou a renovação da frota do transporte público por ônibus paga por usuários através de percentual incidente no valor da passagem e prevista em licitação recente. Uma apropriação indébita dos concessionários com conivência da gestão pública municipal. Descaso com os usuários do transporte por ônibus com o aumento de intervalo entre um veículo e outro aumentando o número de passageiros transportados em pé para garantir os lucros e resultados financeiros dos concessionários. A medida também retirou aos sábados, domingos e feriados, em diversas linhas de ônibus, o transporte direto do bairro ao centro vice versa, exigindo do passageiro a ‘baldeação’ com o uso de dois ônibus, acarretando duas esperas e maior tempo de viagem.

“Votei em Marchezan. Sinto que fui enganado. Acreditei na sua Porto “Alegre”. Hoje, percebo o erro na escolha. Suas intenções e ações como prefeito são todas em contrário com aquilo que propagou no período de campanha. Sim, a campanha eleitoral foi uma farsa. Associo o nome de Nelson Marchezan JR com mentiras, má índole, incompetência e com uma interminável lista de adjetivos negativos. Pior, ele ser meu empregado e não poder demiti-lo, por justa causa. Marchezan propôs um projeto e realiza outro.