Porto Alegre : Orquestra da Ulbra recebe violinista carioca Priscila Plata Rato no Domingo Clássico

Violinista Priscila Plata Rato - foto Leandro Coimbra
Violinista Priscila Plata Rato – foto Leandro Coimbra

Orquestra da Ulbra

Violinista carioca Priscila Plata, expoente musicista da atualidade estará ao lado da Orquestra da Ulbra, sob a batuta de Tiago Flores, no Domingo Clássico de julho, que acontecerá no dia 1º de julho de 2018, às 19h, na Associação Leopoldina Juvenil ( Marquês do Herval, 280 ), em Porto Alegre / RS. O evento é aberto ao público com entrada franca.

:: CONCERTO
De carreira internacional, Priscila Plata Rato vem atuando como solista à frente de diversas orquestras brasileiras. É spalla da Orquestra Sinfônica da Bahia e solista da Orquestra Johann Sebastian Rio. Com a Orquestra de Câmara da Ulbra, ela irá tocar “Carmen, Fantasia Brilhante”, de Jeno Hubay (1858 – 1937), com transcrição para cordas assinada por Jamberê. “É uma peça muito boa, que exige virtuosidade do instrumentista; e a Priscila é excelente”, comenta o maestro Tiago Flores.

De família alemã radicada na Hungria, Hubay foi violinista, professor de renome e compositor consagrado em seu tempo. Em sua trajetória, deixou óperas, sinfonias, concertos para viola e para violino, peças de câmara e obras curtas para violino, além das czardas.

Priscila também será solista em “Rondó para violino e cordas – D 438”, do austríaco Franz Schubert (1797 – 1828), um dos maiores compositores do século XIX, que marcou a passagem do estilo clássico para o estilo romântico.

Além destas obras, a Orquestra ainda executa “Serenata para cordas – Op 1”, do sueco Dag Wiren(1905 – 1986); e “Variações sobre um tema de Tchaikowsky- Op 35a”, obra bastante popular do compositor russo do período romântico Anton Arensky (1861 – 1906), que se baseouem uma das Canções para crianças de Tchaikovsky.

.