Perfumistas Márcia Sant'Ana e Andreia Miron dão dicas de perfumes para o inverno

Perfumistas Márcia Sant'Ana Andreia Miron dicas perfumes inverno

Depois das altíssimas temperaturas deste verão, a chegada do outono remete àquela sensação de aconchego, conforto, roupas e locais mais quentinhos, intimistas, quase uma antessala do inverno que vem por aí.

Acompanhando o clima, as fragrâncias tornam-se mais intensas, com composições mais opulentas. “É possível abusar de notas marcantes, concentradas, indo para as deo-colônias e os Eau de Parfum”, comenta Andreia Miron, coolhunter e coordenadora da pós-graduação “A Cultura do Perfume”, oferecida pela Faculdade Santa Marcelina – FASM.

Predominam as notas amadeiradas (sândalo, vetiver e patchouli), de frutas vermelhas (cassis, framboesa), orientais (mais adocicadas) e gourmand (chocolate e caramelo).

“Em cada estação do ano há uma nota em evidência. No outono/inverno, nos perfumes femininos predominam as flores, como a rosa, com facetas mais modernas. Essa característica está presente em perfumes que misturam rosa com pêssego e toques amadeirados; flores brancas, como a tuberosa e a flor de laranjeira; e o mel. Nos masculinos predominam o couro e o patchouli”, aponta Márcia Sant’Ana, especialista em fragrâncias e também professora da pós-graduação da FASM.

Além de mais intensas, as notas olfativas que marcam este período proporcionam sensação de conforto e hidratação ao corpo em dias de temperaturas mais baixas. “É tempo de notas mais elegantes. As orientais são mais adocicadas (baunilha), as amadeiradas mais envolventes (sândalo, vertiver, patchouli) e as chipres trazem uma combinação exótica de musgo de carvalho, cítricas e patchouli”, descreve.

Segundo Márcia, não há um clássico de destaque no outuno/inverno, mas alguns perfumes são bastante conhecidos por caírem bem nesse período do ano. Para o público feminino ela cita Angel de Thierry Mugler (oriental gourmand), Flower by Kenzo (Oriental Floral), Miss Dior Cherri (Chipre Frutal). Entre os masculinos One Million (Oriental Amadeirado), Malbec (Amadeirado Especiado), Bleu de Chanel estão entre as mais marcantes e envolventes. A indústria nacional também lança vários perfumes neste período, com edições especiais de inverno e Dia das Mães.

Na hora compra – Andreia explica que o consumidor deve se atentar para as tendências, mas ter cuidado especial na hora da compra. A escolha da fragrância segue um ritual simples, mas fundamental. “Não escolha o perfume na fita olfativa. Você deve aplica-lo na própria pele. Eu sempre sugiro que a pessoa vá à loja, aplique o perfume e saia para uma volta de pelo menos trinta minutos, tempo suficiente para que a fragrância se fixe na pele e tenha certeza de que gosta.”, ensina.

-- --