Parador Casa da Montanha integra equipe do Assado Patagônico

Assador Marcelo Sartori - Foto Dalmo Santana
Foto Dalmo Santana

O tradicional churrasco campeiro ganha uma versão especial assinada por grandes assadores na Serra Gaúcha. O Assado Patagônico, uma celebração a gastronomia do sul da América do Sul, será realizado no sábado, dia 26, a partir das 12h30, na Villa Sergio Bertti, em Gramado. O evento contará com a participação especial do assador Marcelo Sartori, do Parador Casa da Montanha, além dos chefs Leonardo Albuquerque e Jorge Aita.

O encontro gastronômico visa valorizar a carne, o sal, o ferro e o efeito de suas transformações pelo fogo. O resultado será uma variedade única de sabores e texturas que prometem satisfazer os paladares mais sofisticados. Entre os cortes disponíveis no Assado Patagônico, um destaque especial ao tradicional cordeiro argentino inteiro, os famosos costelões e chorizos caseiros. Muitos sabores e delícias que combinam com a beleza natural do cenário, a Villa Sergio Bertti.

A iniciativa é inspirada nos churrascos feitos por povoados e comunidades que vivem no sul da América da Sul, de quem habita o campo e celebra o convívio ao redor do fogo. Um momento especial em um lugar aconchegante, que une charme, conforto e o melhor da gastronomia.

Informações e reservas podem ser feitas através do telefone (54) 3295.7575 ou pelo e-mail reservas@casadamontanha.com.br.

Aproveitando a participação do assador Marcelo Sartori  no Assado Patagônico, publicamos nota vivêncial no Parador Casa da Montanha em Cambará do Sul.

Opinião de quem foi por Fábio Juchen*

Fabio Juchen Sortimentos
Fábio Juchen é o editor dos sites sortimentos.com, modaeventos.com.br, looksdamoda.com e surgencia.com.br

Paz, descanso, aventura, gastronomia gaúcha, conforto e hospedagem em uma das mais belas paisagens da Serra Gaúcha. Assim defino o Parador Casa da Montanha. O empreendimento possui cabanas aconchegantes em estilo rústico. são bem vedadas, confortáveis e equipadas, sendo especialmente desenvolvidas para suportar o frio da região. A ideia é de um acampamento, porém sem abrir mão do conforto e sofisticação. Eu, aproveitei a hospedagem para descansar e contemplar a beleza do local. Fiz algumas trilhas, após o café, mas o foco foi ficar sentado na varanda da cabana deixando o tempo passar, conversando ou pensando, entre repetidas taças de espumante brut. Os almoços, foram no local, seguindo de ‘sonecas’ e novas ‘paradas’ na varanda sendo alternadas por vivências nos espaços comuns aos hóspedes no SPA ao ar livre e sauna seca. Outra opção, a qual eu não fiz e achei interessante se o dia estiver claro e com temperatura mais elevada, é entrar na roda de chimarrão e degustar pinhão natural da região no ambiente externo batizado de Fogo de Chão Sobre o Deck. Com a chegada do entardecer trazendo estrelas, lua e frio, mudava para novas opções. Hora para tomar banho, colocar um agasalho, ir até a charmosa sala de estar para trocar espumante por chá e curtir a lareira de pedras. Lá, no espaço ambientado através de piso de cimento queimado, tapetes de couro em patchwork, móveis em couro natural e vista de 180 graus, aproveitava para saber as novidades do mundo externo assistindo tv ou acessando a internet. Jogar na mesa de bilhar da sala de jogos também estava na minha programação. Pronto ! Já caminhei, descansei, conversei, bebi espumante e chá, fiz uma ‘sauninha’ básica, fiquei atualizado com as notícias do mundo, acessei o whatsapp e joguei. Então, para terminar o dia, jantar com cardápio da cozinha gaúcha harmonizado com vinho a luz de velas. Clima perfeito para iniciar as vivências da noite e inspirar sonhos! Fiquei tão saudosista e empolgado que já estava esquecendo. No domingo, antes do check out e retorno à Porto Alegre, sentei a mesa para um churrasco campeiro feito no fogo de chão. Voltei com a ‘bateria renovada’.

Escolha da hospedagem
Minha indicação de hospedagem são as suítes Superior que têm o conceito Luxo Rústico, com o telhado de santa-fé, paredes de lona e detalhes em madeira, além de banheiro em alvenaria. As cabanas são bem vedadas, confortáveis e equipadas ( cama de casal box, frigobar, calefação, lençol térmico, ventilador de teto) , sendo especialmente desenvolvidas para suportar o frio da região. A ideia é de um acampamento, porém sem abrir mão do conforto. Cada barraca tem um deck exclusivo com banheira de hidromassagem e uma lareira externa, com vista privilegiada para o Rio Camarinhas e Campos de Cima da Serra. A decoração interna é caracterizada como luxo rústico e tem como objetivo integrar à natureza local a simplicidade, o charme ao conforto. Por isso, o mobiliário é rústico e recebe toques de sofisticação com elementos em tecidos que remetem a ecologia particular de Cambará do Sul. Outro destaque da decoração é a utilização de plantas e árvores da região que harmonizam os ambientes internos e externos. Madeira, pedra, palha e lona também formam as paredes internas, externas e o projeto de interior, a fim de preservar toda particularidade de acampamento.

Diversos tipos de passeios e aventuras pela região
Já os passeios e trilhas indico o Canyon Fortaleza, Canyon Itaimbezinho, Cachoeira dos Venâncios, passeio a cavalo, passeio de quadriciclo e pic nic. Prepare-se! O Parador Casa da Montanha é uma bela experiência para quem quer descansar com estilo, comer comida da culinária gaúcha ou aventurar.

Parador Casa da Montanha

O Parador Casa da Montanha, em Cambará do Sul, inaugurado em 2002 pelo Hotel Casa da Montanha de Gramado opera com o conceito Ecovillage. Localizado numa fazenda próxima do Parque Nacional dos Aparados da Serra e do Canyon Itaimbezinho, está numa das regiões mais lindas do Brasil, nos Campos de Cima da Serra. O Parador oferece 19 cabanas térmicas de luxo, inspiradas nos mais conceituados lodges africanos. O Parador Casa da Montanha integra a lista dos hotéis “Roteiros de Charme”.

Parador Casa da Montanha
:: Estrada do Faxinal, s/n° – Morro Agudo – Cambará do Sul/RS
:: Contatos : (54) 3504.5302 – (54) 3295-7575 – reservas@casadamontanha.com.br