Ouvido entupido: quais as principais causas

Ouvido entupido principais causas

É possível que todos já tenham passado, pelo menos uma vez, pela sensação de ouvidos entupidos – e sabem o quando isso é incômodo. Quando entupido, o ouvido faz com que a audição seja prejudicada e, com isso, muitas pessoas ficam impacientes, pois essa é uma sensação bastante desconfortável e que atrapalha nas tarefas mais simples. O entupimento pode surgir devido a causas diversas, desde a própria cera até água, gripes e resfriados ou pressão na região interna das cavidades auriculares – como após um vôo de avião, por exemplo.

Conhecida por autofonia, a sensação de ouvido entupido mais comum é aquela que acontece quando o ser humano muda de altitude, como em uma viagem a qual há uma descida de serra. “Durante esse processo ocorre uma diferença de pressão entre a orelha externa e a média e o corpo leva algum tempo para se acostumar com essa mudança. Ou seja, se a pressão do ambiente for diferente da que a pessoa estava habituada, ocorre à sensação de ouvido tapado”, comenta Dra. Rita de Cássia Cassou Guimarães, otorrinolaringologista e otoneurologista de Curitiba, PR.

A situação incômoda costuma se resolver rapidamente pelo próprio mecanismo de compensação da tuba auditiva, “e nós ajudamos a equilibrar a pressão e a corrigir a autofonia mais rapidamente quando engolimos a saliva, bebemos líquidos durante a viagem ou bocejamos”, explica.

Porém, na descida da serra o quadro é mais leve se levado em consideração com vôos de avião ou mergulhos. Nessas situações mais extremas, além da autofonia, as pessoas podem ter dor de ouvido e até extravasamento de líquido ou de sangue na cavidade do ouvido médio, provocando uma infecção no local.

“Ainda existem outras situações que dão a impressão de ouvido entupido. Pessoas com apertamento dentário e/ou bruxismo, pelo deslocamento incorreto do côndilo da mandíbula, podem sentir como se tivessem com o ouvido entupido”, exalta a especialista.

Quem mais sofre com esse problema são os bebês e as crianças. “Isso acontece porque, além da tuba auditiva ser menos desenvolvida, os resfriados, as gripes, as rinites alérgicas e o aumento das adenóides que geram obstruções nasais mais comuns nessas faixas etárias, o que tornam possível até uma perfuração no tímpano da criança”.

Além dos citados anteriormente, a cera em excesso produzida pelo ouvido também pode causar a sensação de entupimento. “Às vezes a quantidade de cerume é normal, mas com entrada de água ou com o uso de hastes flexíveis, ele é empurrado para o fundo do conduto, causando entupimento e até dor de ouvido”, esclarece Rita. Nesses quadros, só existe melhora completa quando o cerume é removido pelo médico.

Para evitar essa incômoda sensação, Rita comenta que pessoas que desejam viajar de avião ou principalmente mergulhos devem adquirir hábitos para manter a saúde dos ouvidos em dia, como tratar resfriados, gripes e rinites e consultar um médico especialista otorrinolaringologista assim que perceberem quaisquer complicações. “Não usar hastes flexíveis nos ouvidos e não tentar remover o cerume por conta própria é um fator básico de prevenção. Isso é imprescindível para garantir a saúde auditiva” conclui Rita Guimarães.

-- --