ONG usa suéteres para proteger pinguins de vazamentos de óleo

Pinguins vestindo suéteres coloridos. A cena pode parecer brincadeira, mas a medida é séria. Essa foi uma das estratégias encontradas pela ONG australiana Penguin Foundation, para proteger e reabilitar pinguins atingidos por derramamentos de óleo.

De acordo com a organização, quando o óleo dos vazamentos adere à pele desses pequenos animais, eles se tornam incapazes de se aquecer naturalmente. Assim, os pequenos casacos de lã ajudam a manter o calor natural. Ao mesmo tempo em que as frestas deixam o corpo respirar, evitam hipotermia e hipertermia.

ONG suéteres proteger pinguins vazamentos óleo (1)

Há mais de 30 anos, pesquisadores têm estudado estratégias que ajudem a recuperar pinguins afetados por vazamentos de óleo. A solução dos suéteres foi testada pela primeira vez em 1998 e deu certo. Desde então, a técnica tem sido aprimorada.

No Centro de Reabilitação de Philip Island, na Austrália, os casacos são costurados à mão e recebidos a partir de doações. Quando os modelos não são do tamanho ideal ou estão inapropriados para o uso, a ONG aproveita as roupinhas para vestir pinguins de pelúcia, que são vendidos para arrecadar verba para outros projetos.

ONG suéteres proteger pinguins vazamentos óleo (2)

O departamento de pesquisas garante que os suéteres são usados apenas uma vez, para evitar contaminação, já que o tecido pode acabar absorvendo parte do óleo. O órgão explica que, além do aquecimento, a roupinha impede que os pinguins tentem limpar a pele e acabem ingerindo o óleo.

ONG suéteres proteger pinguins vazamentos óleo (3)

Durante o período de reabilitação, os animais são limpos e quando estão prontos para voltar à natureza, os suéteres são retirados e os pinguins retomam a vida normal.

-- --