São Paulo – Octávio Mendes interpreta ‘Irmã Selma’ e seus personagens famosos no Teatro APCD

Octávio Mendes em Irmã Selma
Octávio Mendes em Irmã Selma

O ator Octávio Mendes interpreta a ‘Irmã Selma’ e seus personagens mais famosos em espetáculo solo no Teatro APCD ( Rua Voluntários da Pátria, 547, Santana ), em São Paulo, no dia 13 de maio de 2016, sexta-feira, às 21h30. Os ingressos custam : R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia) e R$ 20,00 (sócios e funcionários APCD/ABCD).

Uma religiosa com humor negro, uma apresentadora de TV sensacionalista, um gay que virou a casaca e uma cantora cuja fama se deu só por ser muito sexy são alguns dos personagens que Octávio Mendes vive em Irmã Selma.

Escrito e dirigido pelo artista, que é formado em arte dramática e em psicologia, o espetáculo de humor reúne figuras existencialistas em cenas comuns do dia a dia. Como a freira ranzinza, que se arrisca como humorista para angariar dinheiro para a construção de um orfanato. Octávio imaginou Selma depois de ver Steven Spielberg dizer em uma entrevista que o poder de despertar emoções é mais importante que a história, pois, o que emociona, o público não esquece. A dica “colou”. A religiosa repercutiu na noite paulistana e virou sucesso na Internet.

Depois dela vieram outras, como a Mônica Goldstein, apresentadora de TV que faz de tudo para chocar o telespectador, e Maria Botânica, atriz e cantora baiana, cansada dos problemas afetivos que já teve por causa de sua companheira Regininha.

O ator se reveza no palco, ainda, como Xanaína, aquele tipo de cantora “burrinha”, que acabou fazendo sucesso mais por causa do jeito sensual do que pelo talento, e como Walmir, o Ex-Gay, um homem que mudou sua preferência sexual radicalmente e agora dá depoimentos como novo heterossexual. “O ser humano tem dificuldade com as minorias, então criei este personagem como um alerta para as pessoas não caírem na armadilha de negar o que são para agradar os outros e viverem infelizes”, diz Octávio Mendes.