AGAS : Supermercados recomendam que consumidores antecipem compras de Páscoa

AGAS : Supermercados

A opção por realizar as compras de Páscoa na última hora vem dando o tom dos hábitos de consumo dos gaúchos nos últimos anos. O presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, recomenda entretanto que os consumidores antecipem suas compras para a data, evitando filas e garantindo a aquisição das marcas preferidas. Segundo estudo realizado pela entidade, os empresários do setor projetam uma queda de 12% nas vendas ovos de chocolate na Páscoa de 2017, na comparação com o ano passado. Ainda assim, ao todo, os supermercados do Estado deverão comercializar 6,6 milhões de ovos de chocolate até o dia 16 de abril, domingo de comemorações da festividade. “Mesmo que esteja muito atento aos preços, o consumidor não perdeu o desejo de presentear em média quatro pessoas do seu convívio, por isso as vendas de barras de chocolate e caixas de bombons serão recordes nesta Páscoa”, lembra Longo. Segundo o dirigente, o sábado (15.04.17) que antecede a Páscoa será o dia de maior movimento nos supermercados gaúchos, até o momento, neste ano.

O dirigente alerta que os consumidores que optarem por comprar ovos, chocolates e outros presentes nos quatro dias que antecedem o domingo de Páscoa poderão não encontrar a marca desejada e certamente enfrentarão filas. “Estimamos que 9 em cada 10 consumidores vão comprar seus chocolates para a Páscoa em lojas de supermercados no RS. Quanto aos preços, o valor médio dos produtos típicos de Páscoa está 8,5% superior ao ano passado”, detalha Longo.

Outros produtos – Além de chocolates, a Páscoa alavancará a venda de outros produtos para o setor supermercadista. As colombas pascais deverão apresentar um incremento de 9,3% nas vendas, conforme aponta o estudo. A data contemplará, ainda, a comercialização de azeites, azeitonas e vinhos, além de carne, cervejas, refrigerantes e sobremesas para o tradicional churrasco do domingo de Páscoa.

O setor também prepara a comercialização de 520 toneladas de pescados para o almoço da Sexta-Feira Santa dos gaúchos, no dia 14 de abril. A expectativa da Agas é de um crescimento de 6,6% na comercialização de diversos tipos de peixes para a data, em sua maioria congelados.