Madeira volta a ser trunfo na decoração

casa e decoracao uso da madeira

Especialista revela dicas sobre o uso do material que voltou a ser muito utilizado por arquitetos e decoradores

A madeira é um material que está presente nos projetos de interiores desde que a casa se configurou como um espaço físico necessário para a sobrevivência. Atualmente, ela recebe várias aplicações em diversos ambientes e composições. É um elemento quente e que transmite a sensação de acolhimento. A necessidade de uso costuma ser tão forte que acaba ganhando aplicação em materiais que nem são realmente de madeira: como porcelanatos, vinílicos, papéis decorativos, adesivos, papéis de parede, entre outros elementos.

“Temos a atual tendência de trabalhar com tonalidades mais acinzentadas e amareladas das madeiras. A maior parte dessas cores não existe de fato na natureza, mas nem por isso são menos aceitas. Os consumidores gostam bastante do resultado e não se importam se o material não é 100% natural ou fiel na cor e nas texturas”, comenta a designer e arquiteta Katalin Stammer (foto), supervisora do núcleo de design do Centro Europeu.

Designer e arquiteta Katalin Stammer - Foto divulgacao

A importância dessa composição vem da nobreza que a madeira traz para o ambiente, e devido às suas características. De projetos clássicos à projetos contemporâneos, a madeira pode ser encontrada em móveis, objetos, pisos, revestimentos de parede e teto. Houve um retorno para utilização do piso de madeira, mas agora na versão madeira estruturada – também conhecida como ecopiso -, que é uma composição de madeira natural com a madeira processada.

“Os benefícios desse piso é que ele permite ter efeito, cor e textura de piso nobre aliada a facilidade de instalação – similar aos pisos laminados -, ao custo competitivo e menor utilização de recursos naturais (no caso das madeiras nobres). Esse tipo de revestimento também permite que o mesmo material do piso suba pelas paredes e vista a casa com efeitos interessantes”, diz Katalin.

Molduras de quadro são um exemplo bonito e diferente para quem quer trazer essa linguagem natural da madeira para dentro de casa sem grandes intervenções. Além de todas essas características positivas, a madeira tem a facilidade de poder ser trabalhada; ou seja, quem tem um móvel, piso ou objeto de madeira natural, consegue facilmente reformar, pintar, transformar, compor. São muitas possibilidades para esse material tão versátil”, finaliza a profissional.