Jungle Fight 88 – Campeões superam desafiantes e títulos são mantidos

Handesson Boy Doido - Jungle Fight 88
Handesson Boy Doido supera Jorginho Filho e segue com cinturão meio-médio

No sábado (25.06.16), o Jungle Fight 88 esquentou a fria madrugada de Poços de Caldas na primeira edição da organização no estado de Minas Gerais. Após o empate pelo Jungle Fight 85, em janeiro de 2016 ano, Amanda Lemos e Mayra Cantuária promoveram uma revanche em alto nível. Durante o primeiro assalto, a desafiante Mayra conseguiu abrir vantagem na disputa explorando bem seu jiu-jitsu. Porém, logo no início do segundo assalto, justamente quando Mayra buscava a luta de chão, Amanda conseguiu aplicar uma joelhada que decretou a manutenção do cinturão peso galo feminino no Pará.

Eric Parrudo derrota Rander Junio por decisão e garante título linear
O combate pela unificação do título dos leves teve o primeiro round bastante equilibrado, com Rander Junio tentando levar o adversário para o chão. Parrudo, ao contrário, fazia de tudo para se manter de pé e apresentar sua especialidade: o boxe. A estratégia de Eric Parrudo se mostrou a melhor escolha e o atleta da Champion Team dominou os três rounds, ficando com o cinturão linear por decisão unânime da arbitragem.

Handesson Boy Doido supera Jorginho Filho e segue com cinturão meio-médio
A luta pelo cinturão dos meio-médios começou com Jorginho Filho buscando mais os golpes contra seu adversário. O atleta da RVT Pedro Rizzo LB Team conseguiu alguns bons chutes baixos, enquanto Handesson Boy Doido procurava movimentar e se posicionar ao centro da Arena. O esperado confronto logo mostrou porque tinha tudo para ser um dos melhores da noite. Após um cruzado inapelável de Handesson, Jorginho virou passageiro da agonia e apenas esperou que o árbitro Flávio Almendra interrompesse a disputa, mantendo o título com Boy Doido, que segue invicto com nove vitórias e mandou um recado para o presidente do UFC no Brasil. “Quero agradecer a Deus e oferecer à minha esposa que está grávida. Quero também mandar aqui um recado para o Giovani Decker: estou pronto”

Resultados Jungle Fight 88:
:: Amanda Lemos venceu Mayra Cantuária por nocaute técnico aos 29s do 3R
:: Eric Parrudo venceu Rander Junio por decisão unânime 28-30 27-30 28-29
:: Handesson Boy Doido venceu Jorginho Filho por nocaute técnico aos 3m45s do 1R
:: Henrique Montanha venceu Walker Johnny por nocaute aos 18s do 1R
:: Caio Gregório venceu Carlos Alberto Ferreira com triângulo invertido aos 3m28s do 2R
:: Marcus Bad Face empatou com Marcus Vinicius por decisão 26-28 27-27 27-27 (O atleta Marcus Bad Face havia perdido três pontos por ficar acima do limite da categoria)
:: Lourdes Verônica venceu Camila Guimarães por decisão unânime triplo 30-27
:: Adriano Capitulino venceu Alberto Silva com armlock aos 2m24s do 2R
:: Oscar vera venceu Guilherme Alves com triângulo aos 4m25s do 1R
:: Edilceu Silva venceu João Paulo Franja com mata-leão aos 3m02s do 2R
:: Bruno Assis venceu Eder de Souza por decisão 28-29 29-29 28-29
:: Carlos Henrique “Alemão” venceu Bruno Mesquita por nocaute técnico aos 3m02s do 2R
:: Arthur Ferreira venceu Joaquim Neto com armlock aos 3m54s do 2R
:: Geraldo Freitas venceu Fabio Junior por nocaute aos 1m11s do 1R
Erivan Silva venceu Rafael Conceição por nocaute técnico aos 4m31s do 1R

-- --