Madrugada e amanhecer de 28 de abril de 2016 foram os períodos de frio mais intenso de 2016

Outono 2016 - Prefeitura de Urupema - Foto Marília Sutil
Outono 2016 – Prefeitura de Urupema – Foto Marília Sutil

A madrugada e o amanhecer de quinta-feira (28.4.16) foram os períodos de frio mais intenso provocados pela grande e forte massa de ar polar que desde segunda-feira (25.4.16) vem derrubando a temperatura no Brasil.

Praticamente toda a Região Sul, o Mato Grosso do Sul, São Paulo e o sul de Minas Gerais amanheceram com menos de 10°C. No sul, os termômetros ficaram vários graus abaixo de zero.

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou até às 7 horas, através da medição automática, as seguintes temperaturas
:: Bom Jardim da Serra, SC: -3,6°C
:: São Joaquim, RS: -1,4°C
:: Clevelândia, PR: -0,5°C
:: São José dos Ausentes, RS: -0,3°C
:: Curitibanos, SC: 0,9°C
:: Lages, SC: 0,9°C
:: Lagoa Vermelha, RS: 1,0°C
:: São Mateus do Sul, PR: 1,0°C.

Em São Paulo, a temperatura chegou aos 4,0°C em Barra do Turvo. Em Mato Grosso do Sul, a menor temperatura até às 7 horas foi 4,6°C em Dourados e em Sidrolândia. No Sul de Minas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 5,1°C em Monte Verde. O frio foi intenso no Triângulo Mineiro com temperatura de 10,4°C em Ituiutaba e em Campina Verde.
Em Mato Grosso, a temperatura baixou para 9,3°C em Alto Taquari. Em Rio Verde, no sul de Goiás, a temperatura mínima até 7 horas era de 10,2°C. Outro dado impressionante é a temperatura de 14,1°C em Sorriso, no norte de Mato Grosso.

No Acre, a temperatura em Epitaciolândia foi de 14,1°C. O frio intenso favoreceu a ocorrência de geada em todos os estados do Sul, em áreas do sul e oeste de São Paulo e no sul de Mato Grosso do Sul.

No decorrer da quinta-feira, o ar frio desta enorme e forte polar é sentido de forma suavizada no Amazonas, no centro-sul do Pará, do Tocantins, na região norte de Goiás, no norte de Minas Gerais e no Espírito Santo.

As informações são do Climatempo.