Porto Alegre – Quinteto de sopros da Ospa estreia no domingo em apresentação no MARGS

Grupo 5 Ventos - Orquestra Sinfonica de Porto Alegre - Artur Elias Carneiro
Grupo 5 Ventos – Orquestra Sinfonica de Porto Alegre – Artur Elias Carneiro

O grupo 5 Ventos, quinteto de instrumentistas da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), estreia no domingo (24.07.16), às 16h30, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (Praça da Alfândega, s/n – Centro Histórico), em Porto Alegre / RS. A entrada é franca.

Samuel Oliveira (clarinete), Siarhei Faminou (fagote), Artur Elias Carneiro (flauta), Viktória Tatour (oboé) e Israel Oliveira (trompa) vão interpretar na tarde de música instrumental, obras de Antonin Reicha (1770-1836), Ferenc Farkas (1905-2000) e Jacques Ibert (1890- 1962).

O repertório selecionado sintoniza-se com a tradição e percurso do quinteto de sopros, formação que surgiu na passagem do século 18 para o século 19. “Iniciamos o programa com ‘Quinteto em ré menor op. 88 nº 4’, obra de Reicha, um dos responsáveis pelos primeiros capítulos da história da formação. Ele levou o refinamento, a seriedade e a ambição estética que já existiam nas formações de cordas para os instrumentos de sopro”, comenta Artur Elias Carneiro, o flautista. “Depois, tocaremos duas obras do Século 20, leves e divertidas – ‘Danças Húngaras Antigas do Século 17’, de Farkas, e ‘Três Peças Breves’, de Ibert”, completa.

O grupo 5 Ventos surgiu da ideia de Israel Oliveira de unir professores da Escola de Música da Ospa na formação quinteto de sopros, de forma a também incentivar os alunos do conservatório a explorarem as possibilidades da música de câmara. Além de terem em comum o trabalho na Ospa e a docência na escola da orquestra, Samuel Oliveira, Siarhei Faminou, Artur Elias Carneiro, Viktória Tatour e Israel Oliveira vêm trilhando percursos particulares em formações menos numerosas do que a sinfônica.

Mais informações pelo site ou pelo telefone 51 3222 7387.

-- --