Ana Mähler e Susana Luft na Gravura Galeria de Arte em Porto Alegre

obras Ana Mahler e Susana Luft
Ana Mahler – Susana Luft – Foto divulgação

A Gravura Galeria de Arte ( Rua Coronel Corte Real, 647 – Bairro Petrópolis ), em Porto Alegre / RS, recebe de 05 de outubro até 04 de novembro de 2017, as exposições “O Concreto e o Incerto”, de Ana Mähler e “Jardins da Infância” de Susana Luft. A mostra estará aberta a visitação publica e gratuita, de segundas a sextas das 9h30 às 18h30 e aos sábados das 9h30 às 13h30.

Com curadoria de Letícia Lau, a exposição “O Concreto e o Incerto” da artista Ana Mähler é a apresentação da sua nova série que reflete uma posição política da artista dentro do contexto em que estamos vivendo, onde há incertezas da vida e uma angústia sobre o futuro. “O que temos de concreto num momento poderá não existir num futuro próximo! Como podemos identificar o que é verdadeiro e o que é falso?” indaga a artista.

Para materializar seus questionamentos a artista cria 06 pinturas, 04 objetos de parede e 01 escultura mantendo sua pesquisa sobre a representação do espaço, da perspectiva, da tridimensionalidade e dos efeitos de luz e sombra. A artista brinca com a ilusão, e usa de referência a obra do artista holandês Escher. Ela elabora seus trabalhos estabelecendo uma quebra na perspectiva. “Há sempre algo que não fecha, um elemento que falta, ou que fica flutuando” enfatiza.

Ana Mähler é artista visual e arquiteta. Produziu esta série, e todas as anteriores, com a orientação da artista Vera Wildner, que faleceu recentemente, em 22 de setembro. Em homenagem a sua mestra, Mähler intitulou uma das obras da exposição de “Nada”, referência ao trabalho de Wildner.

Já na Sala Negra, Susana Luft, inspirada em memórias de infância da casa de sua avó, retrata os jardins de sua antiga casa, o lago, as magnólias e se apropria da personagem Alice no País das Maravilhas, que faz parte de seu repertório infantil. Em seu processo criativo, a artista usa recorte, colagem, pastel oleoso e lápis grafite como em sua infância, e também a pintura acrílica, onde utiliza das técnicas aprendidas com seus orientadores.

Nessa exposição traz dez obras em técnica mista sobre tela. Aluna de Plínio Bernhardt e Vera Wildner, a pintora e médica pediatra Susana Luft ilustrou Histórias de Bruxa Boa e A Volta da Bruxa Boa em co-autoria com a escritora Lya Luft, sua mãe.

-- --