Gastronomia movimenta o mercado do turismo

Paella - Barcelona - Foto ALLimpress
Paella – Barcelona – Foto ALLimpress

A gastronomia sempre foi um dos pontos mais fortes quando o assunto é viajar. Ao conhecer um lugar novo, provar a comida local é praticamente uma obrigação, pois ela tem parte fundamental na história e cultura local. Para o executivo da ViajaNet, Gustavo Mariotto, “a culinária motiva cada vez mais pessoas a viajar e conhecer novas culturas e sabores diferentes”.

Paris
A culinária francesa é conhecida e reverenciada em todo o mundo, e não poderia ficar fora de um guia de turismo gastronômico. Seja pela patisserie que moldou a forma como o mundo faz confeitaria ou os pratos icônicos como o foie gras e escargot, a gastronomia francesa vale a viagem.

Além da Torre Eiffel, Paris também oferece aos turistas o melhor da gastronomia francesa em uma só cidade. Com pratos regados ao que há de melhor quando falamos de manteiga, queijos e vinhos finos, sempre prontos a servir de aperitivo, a cozinha francesa mantém seu espaço entre as mais atrativas do mundo.

Lima
Para degustar um pouco do melhor da culinária mundial, os brasileiros não precisam ir muito longe. O Peru é um dos países que fazem fronteira com o Brasil e também é o lar de uma das mais ricas e refinadas gastronomias do globo.

Vencedor do World Travel Awards em 2012, o país conta com uma enorme variedade em cores, sabores e texturas na cozinha. Com pratos apimentados e com a batata sempre presente, a gastronomia peruana enriquece qualquer viagem. Frutos do mar e o internacionalmente apreciado ceviche não podem faltar no cardápio de sua viagem.

“Após ganhar o World Travel Adwards 2013, o turismo no Peru teve um aumento de 23,2% já naquele ano. Este ano foi eleito a Capital Mundial de Gastronomia, isso também deve impulsionar a quantidade de visitantes em Lima”, ressalta Mariotto, comentando os dados da Organização Mundial de Turismo.

Roma
Ainda que os italianos não tenham inventado o macarrão, que é de origem chinesa, comê-lo com molho de tomate foi uma revolução irreversível que está presente em todos os cantos do mundo e agrada a quase todos.

A influência mediterrânea é tradicionalmente forte. Frutos do mar e peixes diversos, bem como os famosos azeites de oliva, também são ícones importantes dessa cozinha tão apreciada. Queijos artesanais, vinhos finos e o gelatto (sorvete) conquistam bocas do mundo inteiro.

Barcelona
A diversidade étnica da Espanha apenas serviu para enriquecer ainda mais a qualidade de sua comida. Assim como a Itália, possui influências mediterrâneas em seus pratos, mas com características muito particulares, como o uso frequente da batata, temperos acentuados e legumes variados.

A paella, clássico prato feito de arroz e frutos do mar, possui várias versões em cada região do país. Por isso, a viagem toda já vale por poder experimentar as diferentes variações do prato.

A tortilla de patata, uma omelete de batatas fritas, e o gazpacho, sopa fria feita de vegetais, são pratos icônicos que merecem ser experimentados durante sua estadia em Barcelona.

Tóquio
A comida japonesa vem conquistando cada vez mais fãs no Brasil. E aprender a utilizar o hashi (os famosos “pauzinhos”) vai ser um desafio no qual você se tornará sensei até o final de sua viagem.

O arroz branco é a base de toda a culinária japonesa e o missoshiru, sopa de pasta de soja, é um dos pratos mais comuns. Você vai querer provar, assim como o wasabi, pasta apimentada que serve de acompanhamento para várias refeições. O peixe cru, geralmente salmão, é a estrela dos pratos, mas alguns se arriscam a provar o peculiar fugu ou baiacu, peixe venenoso que só pode ser preparado com segurança por cozinheiros que possuem uma autorização oficial.

Cingapura
Um dos países indicados para os amantes de culinária asiática, na Cingapura você vai encontrar bastante carne de porco, shoyu, temperos e sabores fortes. Com uma culinária muito diversificada, muito uso de legumes frescos e cozidos, arroz e frango.

Os frutos do mar e peixes também marcam presença nos pratos, como no caranguejo chili, um dos pratos mais famosos da cidade. O char kway teow lembra bastante o yakisoba, mas tem menos legumes e mais carne, com os clássicos noodles asiáticos.

-- --