Libertadores 2015 – Justiça argentina interdita La Bombonera após violência em estádio

Boca Juniors e River Plate

O Estádio do Club Atlético Boca Juniors, conhecido como La Bombonera, foi interditado após os episódios de violência registrados na noite de quinta-feira (14.05.15) durante as oitavas de final da Copa Libertadores da América 2015. A informação foi confirmada pelo procurador-geral da cidade de Buenos Aires, Martín Ocampo.

O jogo entre dois históricos rivais do futebol argentino, Boca Juniors e River Plate, foi suspenso depois que torcedores agrediram jogadores com gás de pimenta. A agressão ocorreu no início do segundo tempo, no momento em que os atletas do River Plate entravam no Estádio La Bombonera.

Em declarações à imprensa, o procurador-geral disse ainda que as camisetas dos jogadores Leonardo Ponzio, Leonel Vangioni, Ramiro Funes Mori e Matías Kranevitter, do River Plate, foram recolhidas no intuito de buscar vestígios de gás de pimenta.

O árbitro Dario Herrera anunciou às 23h30, após 90 minutos, a suspensão da partida entre Boca e River, jogo válido pela segunda eliminatória da Taça Libertadores Agora a Conmebol deve definir quais as condições que serão usadas para definir o adversário do Cruzeiro.