FIMMA Brasil 2017 : Feira da indústria moveleira funcionará em novo horário

FIMMA Brasil 2017 - Feira da industria moveleira

Promovida pela MOVERGS, a FIMMA Brasil 2017 acontecerá de 28 a 31 de março, das 13h às 20h, no Parque de Eventos, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. A feira da indústria moveleira contará com 58 mil m² de área coberta e climatizada.

Mudança de horário
A mudança se tornou possível a partir da compra de energia elétrica do mercado, através do programa “Mercado Livre de Energia do Brasil”. Criado em 1995, ele visa estimular a livre concorrência e criar maior competitividade entre as empresas brasileiras, possibilitando a aquisição de energia elétrica de fornecedores do Sistema Integrado Nacional – SNI.

Com a compra da energia no mercado livre, a Feira terá diversos benefícios, como: redução de custos, negociação do preço, previsibilidade orçamentária, maior performance e rentabilidade, além de atender a critérios de sustentabilidade, em virtude de a contratação de energia ser oriunda de fontes renováveis, que reduzem a emissão de gases de efeito estufa.

Atualmente, existem mais de 1,8 mil consumidores utilizando este tipo de serviço no Brasil. “A FIMMA Brasil é reconhecida por investir em inovação, qualidade e renovação. A aquisição de energia elétrica do mercado livre é uma demonstração do cuidado que temos com essas questões”, afirma o presidente da Feira, Rogério Francio.

Fimma Brasil 2017
De acordo com o presidente da MOVERGS, Volnei Benini, a FIMMA Brasil 2017 vai reunir os elos do setor, apresentando novidades para a indústria e criando condições para que expositores e visitantes mantenham o foco na solidificação de futuras parcerias comerciais.

Entre as diversas atividades que acontecem durante a feira está o Prêmio Inovação, no qual profissionais e estudantes poderão expressar seu talento inovador, traduzido em soluções criativas. A premiação possibilita apreciar com exclusividade as tendências e os lançamentos que nortearão os rumos da cadeia produtiva de madeira e móveis.

Além disso, a FIMMA Brasil promove o projeto FIMMA Marceneiro, que incentiva o desenvolvimento das micro e pequenas empresas do ramo, oferecendo atividades direcionadas para facilitar o acesso às informações, bem como aproximar os profissionais das novidades do setor.

Edição passada
Em 2015, a FIMMA Brasil registrou números expressivos e que, segundo a Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul – MOVERGS – entidade que organiza o evento – pretende repetir no ano que vem. Foram cerca de 600 marcas expositoras de 30 países diferentes dos segmentos de máquinas e similares (34%); matérias-primas (20%); acessórios e componentes (29%); ferramentas (7%) e softwares, hardwares, eletrônicos e serviços (10%).

Durante sua realização, recebeu mais de 33 mil visitantes e captou um volume de negócios estimado em U$$ 298 milhões. “As empresas participantes têm a chance de expor suas novidades em uma vitrine mundial, fortalecendo as marcas em âmbito global, ampliando a rede de contatos e fomentando alianças em potencial”, destaca o presidente da FIMMA Brasil 2017, Rogério Francio, que completa: “Em mais de 20 anos de existência, a Feira construiu e consolidou sua credibilidade no setor moveleiro, sendo organizada pela MOVERGS, uma das mais sólidas e atuantes entidades de classe do país”.

Bento Gonçalves
A cidade é considerada um dos maiores polos tecnológicos do setor moveleiro e é líder na produção de móveis do país. “O Rio Grande do Sul possui 2.750 empresas moveleiras, o que equivale a cerca de 13,3% das empresas do Brasil. Juntas, elas respondem por 18,4% do total de móveis fabricados e por 31,1% das exportações”, cita o presidente da MOVERGS, que completa: “Em 2015, foram faturados R$ 6,73 bilhões, exportados mais de U$ 183,5 milhões, gerando 39 mil postos de emprego. Esses indicadores demonstram a força do setor gaúcho para a economia local e brasileira”.

Fabio Juchen Feira Fimma Brasil 2017
Fábio Juchen – Cobertura da Fimma Brasil 2017 por convite da MOVERGS
-- --