Edição 2018 do Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado teve crescimento de 117%

Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado
Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado – Foto Cleiton Thiele

Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado 2018

Décima edição do evento encerrou superando todas as expectativas dos organizadores

Depois de onze dias celebrando a gastronomia de Gramado e do Uruguai, o Festival de Cultura e Gastronomia comemora os números de sua décima edição realizada entre os dias 6 e 16 de setembro de 2018. O evento alcançou um aumento de faturamento na ordem de 117% em relação ao ano passado, superando qualquer expectativa. Foram 18.500 pratos vendidos nas 20 estações de comida de rua e mais de 1.600 taças oficiais. De 2015 até aqui, o evento cresceu 664% em vendas.

Organizado pela Gramadotur e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) – Região das Hortênsias, o Festival já contabilizava o sucesso desta edição antes mesmo de encerrar. Apenas no primeiro fim de semana as vendas de taças e pratos já superavam os números de 2017.

Normalmente realizado em outubro, este ano a Gramadotur optou por antecipar para setembro possibilitando que o Festival tivesse mais destaque no calendário de eventos da cidade. Diante do bom resultado da estratégia, a ideia é que em 2019 o evento seja ampliado em mais uma semana com data prevista de 5 a 22 de setembro.

Gastronomia e música para curtir a cidade
Turistas e gramadenses puderam experimentar pratos especialmente criados para o Festival a preços acessíveis (os pratos salgados custaram R$ 25 e os doces R$ 15) e ainda desfrutar de uma vasta programação cultural que reuniu 50 atrações musicais na cidade, boa parte delas de talentos locais.

“O evento se consolida cada vez mais não só como um indutor do turismo para trazer visitantes para Gramado, mas também mobiliza os moradores locais que este ano marcaram forte presença prestigiando o festival. A Abrasel tem o maior orgulho de fazer esse evento com a Gramadotur que só fortalece e desenvolve ainda mais o nosso setor”, reforça o executivo da Abrasel – Região das Hortênsias Alberto Ecker.

Inspirada no país convidado, a decoração levou para a Rua Pedro Benetti, Rua Coberta e Praça Major Nicoletti elementos como os tradicionais azulejos de Colônia de Sacramento e os carros antigos de Montevidéu que foram enfeitados com flores, um dos cenários favoritos para fotos.

O feriado de 7 de setembro e as temperaturas amenas também contribuíram para o êxito desta edição, que movimentou o centro da cidade durante todos os dias.

A Cozinha Experimental, instalada na Rua Coberta e coordenada pelo Senac, reuniu chefs, sommeliers e especialistas oferecendo mais de 30 oficinas ligadas à Gastronomia, todas gratuitas.

Um pedacinho do Uruguai em Gramado
Escolhido como o país convidado do 10º Festival de Cultura e Gastronomia, o Uruguai marcou presença durante o evento levando um gostinho de sua gastronomia e cultura para Gramado. Além de inspirar a criação dos pratos que foram oferecidos nas estações de comida de rua, o país vizinho ainda participou ativamente com a presença de chefs convidados de Punta del Este nos seis festins realizados em restaurantes tradicionais da cidade.

Durante todo o evento, a Intendência de Maldonado manteve na Praça Major Nicoletti uma central de informações sobre os destinos da região, aproximando ainda mais visitantes e moradores da cidade.

O sabor uruguaio também esteve nas ruas da cidade através de bodegas convidadas e das estações de comida e bebida do pub Moby Dick, cafeteria Jam Café e da marca Talar, que ofereceu panqueca de doce de leite. Para celebrar a parceria, no domingo, 16 de setembro, aconteceu o almoço oficial de encerramento do 10º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado no hotel La Hacienda reunindo autoridades, organizadores e integrantes da comitiva uruguaia. No menu, a tradicional paella de Piriápolis preparada pelo chef Fernando Barbachán.

“Quero agradecer a todos aqui em Gramado por terem nos recebido tão bem. Tenho certeza que esta será a primeira de muitas parcerias”, reforçou Francisco Alonsopérez, membro da Secretaria de Turismo de Maldonado.

Fabio Juchen no Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado
Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado por Fábio Juchen, editor de sortimentos.com
Aproveitei o feriado de 7 de setembro para ir ao evento a convite da GraamdoTur. Lá encontrei 20 opções de comida, entre doces e salgados, cervejas artesanais, vinhos importados do Uruguai e de café preparados por baristas. Na programação, atrações musicais gratuitas em diferentes pontos do Festival, oficinas gratuitas na Cozinha Experimental e os disputados festins, jantares harmonizados preparados com chef convidados de Punta del Este. Entre as opções de comida e as bodegas convidadas, mais de 30 rótulos de cervejas estavam à disposição nas estações. Sete cervejarias artesanais eram da Serra Gaúcha, sendo seis delas da Rota Cervejeira. Uma opção bacana foram os copos de 100ml em que o visitante pode escolher o tipo de cerveja de qual cervejaria gostaria de provar. O “trio degustação” estava com valor de R$ 15, já o copo de 300ml para cervejas do tipo pilsen custou R$ 10 e para os tipos especiais R$ 12. Para a tarde quente optei por cervejas tipo IPA da Rasen Bier, Gram Bier e A White Fly ( minha preferida que valeram três reposições ). Na gastronomia, as opções foram Sopa no pão, creme de mandioquinha com crisps, da Petit Brasil e Massa de chivito: talharim com molho de tomate com linguiça, carne bovina, bacon e presunto, da Colosseo. O Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado foi um belo momento de lazer e sabores.

.