Delícias de São João são fortes aliadas da boa saúde

Delícias de São João - Foto divulgação
Delícias de São João – Foto divulgação

Todo mundo sabe que durante as festas juninas, ingredientes como o coco, o milho e o amendoim marcam forte presença entre os pratos da época. O que muitos ainda não sabem é que existem substâncias presentes nesses alimentos que atuam como grandes potencializadores da saúde. Porém, é o consumo equilibrado que garante essa transformação benéfica no organismo.

Os pratos típicos das festas juninas são apreciados em todos os cantos do país. Canjicas, mingaus e bolo de milho são algumas das iguarias consumidas no período. Além do sabor, existe outra razão em favor das iguarias juninas: elas são ricas em substâncias que garantem a boa saúde.

De acordo com Caroline Praciano, nutricionista da Sociedade Brasileira de Arte Cultura e Cidadania (SOBACC), é sempre bom conhecer a característica de cada tipo de alimento antes de consumí-lo. “O milho e a mandioca são boas fontes de carboidratos, garantinido energia para o corpo. Já o amendoim e o coco possuem gorduras vegetais, boas aliadas na manutenção das boas taxas do colesterol bom. O consumo sem exagero dos pratos típicos desta época favorece a saúde”, explica a especialista.

O inverno pesa no prato e na balança

Nesta época, o cuidado com a alimentação também é recomendado por causa do inverno. Durante a estação mais fria do ano, a tendência é que o corpo gaste mais calorias para se manter aquecido. Com isso, o desgaste de energia chega a ser, em média, de 300 calorias no dia. Entretanto a nutricionista da SOBACC explica: “Existem pessoas que até se sentem culpadas por sentirem mais fome no inverno, mas esta é uma reação natural do organismo”.

O maior consumo de calorias durante o o período junino pode ser um risco para quem deseja manter o corpo em forma. Entretanto, o consumo moderado das comidas típicas tende a ser benéfico para a saúde. Em epocas como as de festas juninas e de final de ano, levar a moderação ao prato garante uma boa saúde. Mas é sempre bom lembrar que as comidas típicas geralmente são mais calóricas, pela culinária especial permitir as combinações pelo paladar”, finaliza Caroline.