Revista Claudia traz entrevista com Fernanda Torres

Fernanda Torres - Revista Claudia 2015 3

“A idade te obriga a se cuidar. Senão, você fica desleixada, o que não é bom e não faz bem”, acredita Fernanda Torres, que ilustra a capa da Revista Claudia, em entrevista exclusiva, sobre sua infância, o que aprendeu com os pais e o que considera prioridade na vida.

Atriz desde os 12 anos e escritora há cinco, Fernanda Torres admite que pensou em mudar de profissão. “Aos 30 anos, mas aí já era tarde. Então comecei a escrever”, conta ela, que teve se surpreendeu com o grande sucesso de seu primeiro romance – Fim – pois nunca pensou em sequer escrever um livro. Em 2014, lançou Sete Anos, coletânea de crônicas e ensaios que publica desde 2007 em jornais e revistas.

Fernanda Torres - Revista Claudia 2015 1

Aos 49 anos, Fernanda não se assusta com a proximidade dos 50, pois “finge” ser jovem, já que teve filhos tarde. Casada há 18 anos com o cineasta Andrucha Waddington, de 45 anos, ela tem Joaquim, de 15, e Antônio, de 6, e garante que o tempo que passa com os filhos é prioridade. “Organizo minha vida para esse tempo não faltar. Daqui a pouco, eles não vão mais estar comigo. É tudo muito rápido”, diz. No entanto, há regras. “Eu fui muito estudiosa e certinha. Então fico em cima até do dever de casa”.

Disciplinada, ansiosa confessa, objetiva e decidida, Fernanda afirma já ter tido fracassos extraordinários, mas a profissão de atriz a ensinou a controlar a vaidade. Quando se trata de vaidade, não há muitos truques. “EU corro, malho e cuido da alimentação. Não uso maquiagem porque me acho feia com ela. Recorro a cremes e pinto a raiz branca do cabelo. A idade te obrigada a se cuidar. Senão, você fica desleixada, o que não é bom e não faz bem”, diz.

Da infância, ela lembra de ter morado em São Paulo dos 2 aos 5 anos e, quando voltou ao Rio, se sentiu um peixe fora d´água. Aos 12 entrou para o grupo de teatro Tablado, que a fez “existir”. Com o pai, o ator Fernando Torres falecido em 2008, aprendeu a ser mãe, já que a mãe, a atriz Fernanda Montenegro, sempre foi workaholic. “Com ela é mais conversar. Mamãe é muito carinhosa”, garante.

Fernanda Torres - Revista Claudia 2015 2

-- --