Feira chinesa de maquinários industriais terá “Matchmaking” para facilitar as negociações entre empresários brasileiros e chineses

Feira chinesa maquinários industriais negociações empresários brasileiros chineses

A feira de negócios China Machinex Brazil 2014, que acontece dentro de 3 semanas, terá um ponto para encontros previamente agendados entre os empresários brasileiros e os expositores chineses, com a presença de tradutores para facilitar as negociações. O programa de Matchmaking permite o encontro exclusivo entre expositores e compradores por meio de reuniões pré agendadas e privativas no lounge do evento, construído especialmente para esses encontros.

Entre os dias 29 e 31, cerca de 270 expositores mostrarão mais de 1500 máquinas e equipamentos chineses para os setores de Energia & Eletricidade (alta e baixa voltagem), Composição e Reciclagem de Plástico, Ferramentaria, Processamento de Alimentos & Embalagens e Autopeças no Transamerica Expo Center em São Paulo.

O mês será estratégico para as relações sino-brasileiras, com a visita do presidente chinês Xi Jinping. A China é o maior parceiro comercial do país e as trocas entre os dois países atingiram o valor histórico de US$ 83 bilhões ano passado. O evento deve mudar a imagem estigmatizada dos produtos chineses no Brasil, com a promessa dos organizadores em trazer o estado da arte em tecnologia do país asiático para o Brasil no final do mês.

Dubai, Egito, Índia e Polônia, entre outros países, já têm edições anuais desses eventos. O Brasil é a etapa atual.

A feira tem pelo menos dois trunfos para atrair o empresariado brasileiro: o estado da arte da tecnologia chinesa, na forma de produtos selecionados a dedo para o mercado nacional, e o apoio do governo chinês.

Binu Pillai, COO da Meorient, a organizadora internacional, e Anselmo Carvalho, diretor do Grupo Feira & Cia informam que trabalharam com os departamentos do governo e visitaram diversas províncias para selecionar o que há de melhor na China para trazer para o Brasil. “Houve um esforço muito grande da nossa parte em trazer as melhores empresas, tanto em termos de qualidade de produto quanto de qualidade da oferta”, diz o executivo da Meorient.

Os organizadores estimam um total de 6000 visitantes nesta edição e já programam mais três edições das duas feiras no país, projetando um crescimento de 30% no total de frequentadores a cada ano. “Não será uma surpresa se o Brasil subir ao topo dos cinco principais mercados da feira nos próximos anos”, diz Binu Pillai reforçando que as pessoas têm uma percepção equivocada sobre a qualidade dos produtos chineses”.

“Xangai tem 430 km de metrô, usado por quatro milhões de pessoas todos os dias. Há três anos eu moro lá. Sem uma parada sequer. Nunca vi um dia de queda da eletricidade”, conta. “A China tem produtos de qualidade. O importante é mostrar para que todos possam ver e conhecer melhor”, conclui Pillai.

 

China Machinex Brazil 2014
Data e horário do evento: 29 a 31 de julho de 2014 das 14 às 20 horas
Local: Transamerica Expo Center
Área: 4.000 m2 de exposição
Expositores: Mais de 260 fabricantes e mais de 1.500 produtos Made in China
Principais Setores: Energia & eletricidade, plástico, ferramentaria, alimentos & embalagem, autopeças.

-- --