Culinária japonesa, música e bate-papo em navegação noturna no Barco Cisne Branco

Adriane Hilbig proprietaria do barco Cisne Branco e Fabio Juchen sortimentos
Adriane Hilbig proprietária do barco Cisne Branco recebeu Fabio Juchen, editor do sortimentos

Barco Cisne Branco

Quarta-feira (19.04.18), entre 19h e 20h, a temperatura estava acima dos 24ºC, o céu limpo com estrelas e a luz da lua refletia no estuário do Guaíba em Porto Alegre. No Cais do Porto da Capital gaúcha, atracado no Armazém B3, o barco Cisne Branco, tradicional e querido equipamento de turismo da Cidade, começa a receber um grupo limitado de pessoas para uma experiência inédita : saborear as delícias da culinária japonesa, ao som de boa música para conversar e dançar em navegação noturna no Guaíba tendo as luzes dos prédios da orla e a luz do luar sobre o estuário como cenário.

Sushi no Barco Cisne Branco

O abordar aumentava na medida que aproximava às 20h. Os lugares no deck, na parte de cima do Barco, começavam a ficar todos ocupados. Já haviam várias rodas de conversas. Vozes misturadas com sorrisos, só eram interrompidas nos momentos de selfies e das degustações de espumante e sushis. Ao fundo, música, sob a interpretação do cantor Felipe Vassani. Passavam alguns minutos das 20h, quando um apito indicou que o Cisne Barco estava para sair e navegar pelo Guaíba.

Sushi no Barco Cisne Branco

O início da navegação também representou o deslocamento das pessoas para o restaurante onde estava montado um farto buffet de culinária japonesa com a assinatura do Chef Diego Schreiner, do Sushi Enodô.

Sushi no Barco Cisne Branco
O convidado do chef residente do Cisne Branco, Chef Volmir Coelho, serviu diversas opções de sushis e sashimis.

Sushi no Barco Cisne Branco
Na preferência de Fábio Juchen, editor do site Sortimentos.com, com direito a repetição, o buffet era livre, ficaram os gunkan com alho poró, skins, uramakis e os sashimis de salmão e atum. Outra repetição do editor, foi do ceviche de salmão, prato da culinária peruana baseado em peixe cru marinado em suco de limão.

Sushi no Barco Cisne Branco

“Praticamente passei as duas horas e meia de navegação, que foi até a zona sul da Capital gaúcha, envolvido com a gastronomia. Adoro sushis e sashimis, ainda mais quando são de qualidade”, comentou Fábio Juchen.

Sushi no Barco Cisne Branco
Alguns participantes do evento aproveitaram a parte final do passeio para descer até a pista de dança que tem janelas muito próximas da água. É uma experiência incrível!

Sushi no Barco Cisne Branco

O evento temático e gastronômico teve encerramento às 22h30 quando pontualmente o barco atracou novamente no Cais do Porto da Capital gaúcha. Na saída, um sentimento. Quando será o próximo evento. Foi maravilhoso, perfeito!

Sushi no Barco Cisne Branco

CHEF
O Chef Diego Schreiner, com sua vasta experiência na culinária japonesa, atua nos seguimentos de sushi bar, sushi expressa, sempre motivado pelas delícias da cozinha asiática. Em 2004 escolheu o belíssimo Pôr-do-Sol de Ipanema, com vista para o Guaíba, como o local perfeito para colocar em terra firme o seu Sushi Enodô

BARCO CISNE BRANCO
Verdadeiro í­cone de Porto Alegre, o barco Cisne Branco é referência no turismo fluvial, entretenimento e lazer flutuante na capital do Rio Grande do Sul. O barco tem capacidade para transportar 300 passageiros e 20 tripulantes, em total segurança e conforto.

Fotos : Luciane Valente

.