Porto Alegre – Espetáculo “PORTO: A cidade como PALCO de uma anti-diáspora” na Usina do Gasômetro

espetaculo-porto-a-cidade-como-palco-de-uma-anti-diaspora-usina-do-gasometro-porto-alegre-0

O espetáculo “PORTO: A cidade como PALCO de uma anti-diáspora” faz curta temporada entre os dias 12 e 13 de julho de 2014, no estacionamento da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre / RS. As apresentações serão sábado e domingo, às 17h45. Entrada franca. Montagem integra a programação da Mostra Teatro Sarcáustico 10 Anos.

 

Daniel Colin e Ricardo Zigomático são responsáveis pela estrutura cênica das performances e também atuam na montagem, ao lado de Guadalupe Casal.

 

Os diretores se baseiam, sobretudo, no texto “A Diáspora Portoalegrense” de Bernardo de Souza, e na obra do artista Banksy, pseudônimo do grafiteiro, pintor, ativista político e diretor de cinema britânico. PORTO questiona o êxodo dos artistas ao qual a cidade assiste, e as dificuldades do fazer artístico contemporâneo em Porto Alegre, suas possibilidades e necessidades, impelindo seus criadores a procurar novas cidades para realizarem-se.

espetaculo-porto-a-cidade-como-palco-de-uma-anti-diaspora-usina-do-gasometro-porto-alegre-01

O objetivo do projeto é perceber e experimentar ações performáticas sugeridas por estes espaços supracitados, levando-se em consideração suas arquiteturas, suas histórias, seus transeuntes, sua importância política e social para Porto Alegre e para o Rio Grande do Sul.

 

Orientando a concepção e realização do espetáculo, está o antropólogo e pesquisador Rafael Lopo, que escreveu sua dissertação de mestrado sobre memória da cidade. “PORTO é o que o próprio nome propõe: a luta de jovens artistas gaúchos em defender sua cidade um pólo artístico-cultural do país”, defendem os diretores.

-- --