Aumenta o número de mortes do terremoto que atingiu Nepal, Índia e China

Terremoto Nepal Laxmi Prasad Ngakhusi  UNDP Nepal 2015 03

De acordo com autoridades, o terremoto ocorrido no sábado (25.04.15) causou mais de 2,2 mil mortes no Nepal, Índia e China.

Terremoto Nepal Laxmi Prasad Ngakhusi  UNDP Nepal 2015 02

Um novo tremor, sentido no domingo (26.04.15) na região, atingiu a magnitude 6,7 na escala Richter. A réplica atingiu uma zona situada no noroeste de Katmandu, capital do Nepal, não muito longe da fronteira com a China. O abalo foi sentido na região do Monte Everest, no Himalaia, onde provocou novas avalanches, segundo montanhistas que estão no local.

Terremoto Nepal Laxmi Prasad Ngakhusi  UNDP Nepal 2015 01

De acordo com fontes locais, 2.152 pessoas morreram no Nepal; 57, na Índia; 17, na China; e uma, em Bangladesh. Além disso, há milhares de feridos, desaparecidos e desabrigados.

PAPA
O papa Francisco rezou no domingo (26.04.15) uma Ave-Maria com os fiéis reunidos na Praça de São Pedro, no Vaticano, pelas vítimas do terremoto, às quais dirigiu uma mensagem de alento na tradicional oração dominical do Angelus. “Desejo confirmar a minha proximidade com as populações atingidas pelo forte terremoto no Nepal e que atingiu também os países vizinhos”, disse o papa. “Rezo pelas vítimas, pelos feridos e por todos os que sofrem devido a esta calamidade. Que tenham o apoio da solidariedade fraterna”, acrescentou.

DILMA
A presidenta Dilma Rousseff lamentou as mortes causadas por terremoto no Nepal, China e Índia.
Em nota, a presidenta lamentou o ocorrido e expressou solidariedade aos países atingidos. “Expresso meu grande pesar pelo terremoto que atingiu o Nepal, Índia e China na manhã deste sábado e que provocou a perda de tantas vidas. Declaro minha solidariedade aos povos desses países e, em especial, aos brasileiros que estão na região e aos seus familiares”. Dilma Rousseff ressaltou na declaração que “a Embaixada do Brasil em Katmandu [capital] está tomando todas as providências em apoio aos cidadãos brasileiros que estão no Nepal”.

-- --