Eleições 2018 : conheça todos os deputados estaduais eleitos no Rio Grande do Sul

Eleitor brasileiro - voto eleicoes - urna eletronica - Foto Elza Fiuza Agencia Brasil

Eleições 2018

A bancada de deputados estaduais tem 26 novos

No Rio Grande do Sul, aproximadamente 800 candidatos disputaram no domingo (07.10.18), um lugar nas 55 cadeiras na Assembleia Legislativa destinadas aos deputados estaduais. Veja a lista completa dos eleitos:

TENENTE CORONEL ZUCCO (PSL) – 166.741
RUY IRIGARAY (PSL) – 102.117
ANY ORTIZ (PPS) – 94.903
EDEGAR PRETTO (PT) – 91.469
SILVANA COVATTI (PP) – 75.067
LUCIANA GENRO (PSOL) – 73.865
SERGIO PERES (PRB) – 72.165
ERNANI POLO (PP) – 67.248
VALDECI OLIVEIRA (PT) – 57.838
LARA (PTB) – 56.386
ELTON WEBER (PSB) – 55.645
GABRIEL SOUZA (MDB) – 52.953
SÉRGIO TURRA (PP) – 52.668
EDUARDO LOUREIRO (PDT) – 50.054
JEFERSON FERNANDES (PT) – 49.809
FÁBIO OSTERMANN (NOVO) – 48.897
TIAGO SIMON (MDB) – 45.789
ADOLFO BRITO (PP) – 44.966
KELLY MORAES (PTB) – 44.755
EDSON BRUM (MDB ) – 43.836
JULIANA BRIZOLA (PDT) – 43.822
GAÚCHO DA GERAL (PSD) – 43.012
COSTELLA (MDB) – 42.066
FÁBIO BRANCO (MDB) – 41.468
MAINARDI (PT) – 41.450
FRANCIANE BAYER (PSB) – 40.317
PEPE VARGAS (PT) – 38.798
CLASSMANN (PTB) – 37.920
DIRCEU DO BUSATO (PTB) – 37.322
ZANCHIN (MDB) – 37.160
GILBERTO CAPOANI (MDB) – 37.058
ZÉ NUNES (PT) – 36.982
ELIZANDRO SABINO (PTB) – 36.033
PROFESSOR ISSUR KOCH (PP) – 35.803
GERSON BURMANN (PDT) – 35.136
SEBASTIÃO MELO (MDB) – 34.881
FREDERICO ANTUNES (PP) – 33.691
SOFIA CAVEDON (PT) – 32.969
PEDRO PEREIRA (PSDB) – 32.290
FERNANDO MARRONI (PT) – 30.704
MATEUS WESP (PSDB) – 28.173
DR. THIAGO (DEM) – 27.907
NERI O CARTEIRO (SD) – 27.808
PAPARICO BACCHI (PR) – 27.483
DALCISO OLIVEIRA (PSB) – 26.765
RODRIGO MARONI (PODE) – 26.449
AIRTON LIMA (PR) – 25.678
VIANA (PSDB) – 25.629
LUIZ MARENCO (PDT) – 24.607
ZILÁ BREITENBACH (PSDB) – 24.115
ERIC LINS (DEM) – 23.042
VILMAR LOURENÇO (PSL) – 17.828
CAPITAO MACEDO – PROFESSOR (PSL) – 17.591
GIUSEPPE RIESGO (NOVO) – 16.224
FRAN SOMENSI (PRB) – 15.404

Como foram eleitos
A categoria obedece ao sistema proporcional, o que significa que não necessariamente os candidatos mais votados foram os eleitos. A definição se dá a partir de dois fatores:

1 – O primeiro é o quociente eleitoral, calculado a partir da divisão do número de votos válidos registrados no pleito pelo número de vagas em disputa.

Booking.com