Clínico geral comenta os efeitos do horário de verão na saúde

Tribo do Sono Pijamas colecao moda inverno

Horário de verão

Insônia e cansaço são alguns dos problemas que o organismo enfrenta devido à mudança na rotina

A chegada do horário de verão costuma trazer muitas mudanças no organismo. Apensar de ser um evento anual, o corpo humano nunca está totalmente adaptado a estas alterações. Segundo Matheus Peduzzi, clínico geral do Hospital Universitário de Canoas, esta transição não apresenta nenhum problema sério para a maioria das pessoas.

Peduzzi explica que com a introdução do novo horário é comum se sentir mais cansado ou ter problemas para dormir. “Quem dorme e acorda cedo está mais propenso a sofrer alterações hormonais causadas pelo horário de verão, isto pode acarretar em mudanças no humor e no ciclo sono-vigila”, explica. Entretanto, o médico destaca que tais alterações são passageiras e que duram de uma a duas semanas, “o organismo acaba adaptando-se a tais mudanças espontaneamente”, diz.

Segundo o clínico, o ideal é manter o sono regulado e com qualidade, adquirindo alguns hábitos como escolher um ambiente escuro, silencioso, com boa temperatura para dormir, as rotinas do sono são muito importantes para uma boa noite de descanso. Ele saliente também que “não se deve usar o celular e outros dispositivos antes de deitar, pois o estímulo luminoso altera a produção de melatonina, hormônio que induz o sono”.

Além disso, para Peduzzi, é importante evitar o uso de bebidas com cafeína 4 horas antes de dormir e, também, procurar repousar sempre no mesmo turno. “O horário de verão é prazeroso para quem gosta de aproveitar bem o dia, por isso, pratique atividades físicas regularmente, mas evite fazê-las à noite, e tenha uma alimentação saudável e leve”, orienta o médico.

Horário Brasileiro de Verão 2018/2019
A partir da meia-noite do dia 04 de novembro entra em vigor o horário de verão brasileiro. O fim do horário de verão foi mantido no terceiro domingo de fevereiro, que em 2019 cai no dia 17.

.