Saiba como evitar a caspa no inverno

Cabelos devem ser lavados com água morna - Foto Marcelo Matusiak

Hair stylist do centro de beleza Visual Hair Design explica como o problema começa e como eliminar a caspa, que tende a aumentar na estação mais fria do ano

Os dias mais frio do ano podem ser prejudiciais aos cabelos, caso não exista um cuidado especial. Homens e mulheres já perceberam que as indesejáveis caspas aumentam no inverno. Para evitar que os pontinhos brancos apareçam, o hair stylist Rodrigo Alves explica como impedir que o problema ocorra.

– É normal que a caspa apareça com força durante o inverno, devido ao banho com água muito quente. Outros fatores também são prejudiciais, mas a grande diferença do inverno para as outras estações é a temperatura da água. O calor do chuveiro ativa a glândula sebácea, responsável pela produção de oleosidade no couro cabeludo – explica Rodrigo Alves.

Segundo o especialista, o problema da caspa pode ser tratado com shampoos específicos para os tipos diferentes: a caspa seca e a caspa oleosa. Porém, para evitar, a dica é lavar os cabelos com água morna. A água não pode ser muito quente nem fria.

– Banho com água morna é mais difícil no inverno, mas é importante que a temperatura não esteja muito quente nem fria. É preciso retirar a sujeira do dia a dia e a oleosidade, o que não é possível com água fria. Já a água muito quente pode cozinhar o fio, além de causar a caspa – ressalta.

Outra atitude que aumenta a caspa e deve ser evitada é lavar os cabelos todos os dias. Alves alerta que não existe a necessidade de fazer isto, pois o organismo entende que precisa produzir mais oleosidade. Lavar em dias intercalados é o suficiente.

O uso de tocas e bonés também favorece o aparecimento do problema, pois abafa o couro cabeludo e o cabelo não seca direito. Rodrigo Alves afirma que é preciso secar 100% os fios. Dormir com o cabelo molhado também é um erro comum nesta época do ano, mas é péssimo para as madeixas.