Cuidados com os pés durante o inverno

saude-cuidados-pes

Esquecer de cuidar dos pés com as temperaturas baixas é bem típico na estação, porém os descuidos facilitam a descamação dos pés, o ressecamento e as fissuras. Ambos contribuem para a incidência de doenças dermatológicas. “Cuidados básicos com os pés devemos ter o ano inteiro”, adverte o especialista Jayme Oliveira Filho, dermatologista membro da SBCD, Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Com o tempo frio, a região pode apresentar micoses (frieiras e doenças das unhas), machucados com infecções secundárias por bactérias (piodermites) e calosidades por traumas ou doenças virais (verrugas plantares conhecidas como “olho de peixe”), com episódios de sangramentos e às vezes extremamente dolorosos.

Quadros mais graves podem ocorrer em indivíduos diabéticos ou portadores de hanseníase, paralisias dos membros inferiores ou com dificuldades de locomoção por vários tipos de patologias. Baseado nesses fatos, os pés merecem toda atenção durante o inverno e a SBCD recomenda dicas importantes para a manutenção de uma boa saúde:

1) Hidratação adequada: é muito importante a utilização de cremes apropriados para manter a maciez dos pés – preferencialmente após o banho;

2) Exame minucioso da planta dos pés: devem ser realizados pelo próprio paciente, por algum familiar ou mesmo um especialista (para exame até de eventuais pintas que o paciente possa ser portador);

3) Calçados e meias apropriados: item importante para que não machuque ou agrave lesões pré-existentes nos pés. Calçados apertados ou que mantenham grau de umidade e temperatura mais alto que o recomendável é um fator facilitador para induzir graves problemas infecciosos;

4) Corte aprimorado das unhas: é comum o corte inadequado ou de forma errônea (muito curto, por exemplo), que favorecem o encravamento da unha com evolução para inflamação mais grave;

5) A posição dos pés, quando caminhando de forma inadequada, facilita a deformação da sola dos pés, podendo ocasionar sérias lesões;

6) Sempre que perceber algo errado, o paciente deve imediatamente submeter-se a um exame especializado para que possa ser prevenida qualquer complicação.

-- --