Cooxupé fatura R$ 3,687 bilhões em 2017 e distribui R$ 29,4 milhões aos cooperados

Cooxupe Cooperativa Regional dos Cafeicultores em Guaxupe Minas Gerais

Cooxupé – Cooperativa dos Cafeicultores em Guaxupé


Cooxupé – Cooperativa Regional dos Cafeicultores em Guaxupé, sul de Minas Gerais, registrou faturamento de R$ 3,687 bilhões em 2017 e distribui R$ 29,4 milhões aos cooperados.

Em 2017, foram recebidas 4,73 milhões de sacas de café arábica e embarcadas 5,5 mi. A cooperativa exportou diretamente 4,055 milhões de sacas para 48 países e destinou ao mercado interno 1,1 milhão de sacas. Já a SMC Specialty Coffees, empresa controlada pela Cooxupé que atua no nicho de cafés especiais, exportou 64.974 mil sacas. O resultado das exportações diretas manteve a Cooxupé líder entre as empresas brasileiras em operação que exportam café, segundo o Cecafé. A Torrefação da cooperativa também atingiu em 2017 a capacidade total de produção: mais de 1 milhão de quilos por mês e ainda realizou a primeira exportação direta de café torrado e moído para a República Dominicana.

Cooxupé distribui R$ 29,4 milhões aos cooperados
A Cooperativa Regional dos Cafeicultores em Guaxupé distribuirá aos seus cooperados R$ 29,4 milhões referentes às sobras do ano de 2017. Deste total, R$ 22,1 milhões serão devolvidos diretamente aos associados a partir de abril, enquanto que R$ 7,3 milhões serão destinados à conta capital social, uma espécie de poupança administrada pela Cooxupé. O valor destinado para cada cooperado é proporcional à participação dele em relação à venda do café, às operações comerciais realizadas e às aquisições nas lojas da cooperativa.

Investimentos
Nos últimos 10 anos, a Cooxupé investiu R$ 461,6 milhões em obras, ampliações e inaugurações, expandindo a área de ação da cooperativa em municípios do sul e cerrado mineiro e da média mogiana do estado de São Paulo. Somente em 2017, os investimentos somaram R$ 62 milhões, resultando, entre outras obras, na ampliação da área industrial do Complexo Japy e na abertura de um Centro de Distribuição de Insumos, ambos na cidade de Guaxupé.

Abre Aspas
“Mesmo diante de um cenário de instabilidade econômica e com os preços do café desfavoráveis, a Cooxupé obteve bons resultados no exercício de 2017, entre eles a devolução de quase R$ 30 milhões aos nossos cooperados. Atribuímos essa conquista graças à confiança do cooperado e à a uma administração competente e planejada, que conta com um corpo funcional de mais de 2 mil colaboradores que acreditam na força do cooperativismo”, afirma o presidente da Cooxupé, Carlos Paulino.

“Com a bienalidade baixa e, principalmente, com a quebra de produção ocorrida na área de ação da Cooxupé por conta do clima, precisamos readequar as nossas metas em 2017. Mesmo assim, consideramos os resultados satisfatórios. Não paralisamos nossos investimentos e nossos cooperados encontraram na cooperativa a liquidez diária para suas operações comerciais. Isto só é possível graças a uma gestão estratégica e planejada, conduzida por profissionais competentes e comprometidos”, define Carlos Paulino.

COOXUPÉ
A Cooxupé tem mais de 14 mil cooperados em sua área de ação: sul de Minas Gerais, cerrado mineiro e média mogiana do estado de São Paulo. A estrutura organizacional concentra mais de 2 mil colaboradores. Em 2017, a cooperativa comemorou 85 anos de cooperativismo regional e 60 anos de atividades como Cooxupé.