Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, será painelista no Congresso da Festuris Gramado 2016

Eduardo Zorzanello e Marta Rossi, diretores da empresa promotora da Festuris Gramado 2016 convidaram Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, para participar da Feira de Turismo na Serra gaúcha / Foto: Divulgação
Eduardo Zorzanello e Marta Rossi, diretores da empresa promotora da Festuris Gramado 2016, convidaram Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, para participar da Feira de Turismo na Serra gaúcha / Foto: Divulgação

O Congresso da Festuris Gramado 2016 que acontecerá na manhã de 4 de novembro de 2016, no Palácio dos Festivais debaterá a Integração das Fronteiras, nos países do Mercosul, como instrumento para fomentar o turismo no continente sul-americano. O evento que integra a programação da FESTURIS – Feira Internacional de Turismo, que ocorrerá entre os dias 3 e 6 de novembro de 2016, no Serra Park, em Gramado / RS, contará com a participação de Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, no painel “Integração das Fronteiras Potencializando a Economia Compartilhada”.

No encontro, Lummertz, também pretende destacar o aumento no número de turistas estrangeiros no país. “O número poderia ser maior se a isenção do visto fosse estendida no Brasil, como fez a Argentina. Um exemplo é o caso da Cataratas. O lado argentino recebe milhares de visitantes internacionais porque o país vizinho já tomou esta medida”, antecipa.

Outro exemplo de como a integração entre fronteiras poderia ser favorável ao Brasil é o caso de Gramado. Do volume total de turistas que visitam a cidade, apenas 3% são argentinos, um número baixo pela proximidade entre o país e o Rio Grande do Sul.

“Tanto na área do intercâmbio do chamado turismo social, quanto em questões como a busca conjunta de turistas de mercados longínquos (como a China), ou ainda na quebra de barreiras do visto de entrada, em regiões de fronteira compartilhada (Foz do Iguaçu, por exemplo), Brasil e Argentina devem caminhar juntos”, disse Lummertz.

Os visitantes internacionais gastaram 7% a mais nos seis primeiros meses do ano. Já os números para o segundo semestre tendem a ser melhores por três motivos: os Jogos Olímpicos, fim do visto de entrada para EUA, Canadá, Japão, Austrália (no período Olímpico), além da alta temporada com início em meados de novembro.

Outra presença importante confirmada é do ministro do Turismo da Argentina, Gustavo Santos, já confirmou presença no debate onde falará sobre o trabalho em conjunto para formatar e vender um produto integrado para o mercado internacional, agregando valor e renda aos países.

A FESTURIS 2016 deverá receber mais de 2500 marcas e cerca de 14 mil profissionais e empresários do turismo nacional e internacional. Aproximadamente 40 países estarão na feira como expositores. As inscrições para agentes de viagens, imprensa, estudantes e profissionais estão abertas e podem ser feitas no site www.festurisgramado.com.

-- --