Comédia “Desesperados” com Marcus Majella, Pablo Sanábio e Pedroca Monteiro no Teatro Sesiminas

Comédia Desesperados - Marcus Majella - Pablo Sanábio - Pedroca Monteiro.
Comédia Desesperados – Marcus Majella – Pablo Sanábio – Pedroca Monteiro.

O Teatro em Movimento, festival que acontece durante o ano inteiro sempre com variedades de gêneros teatrais, traz à Belo Horizonte a comédia “Desesperados”, com os atores Marcus Majella, Pablo Sanábio e Pedroca Monteiro, sob a direção de João Fonseca. Com longa trajetória no gênero, no palco, os três artistas interpretam mais de 40 personagens que se esbarram e ganham vida em diferentes situações na mesma história. A peça gira em torno de três personagens principais: Bia, Marcondes e Ricardo, ambos sofrem de solidão e carência. De tão problemáticos que são, cada história vivida, se torna uma comédia. O espetáculo terá duas apresentações no Teatro Sesiminas ( Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia ), nos dias 12 e 13 de agosto de 2017, sábado, às 21h e domingo, às 18h.

O ator Marcus Majella, sucesso no canal Multishow nos programas “Ferdinando Show” e “Vai que Cola”, além de estar em cartaz no cinema como protagonista do filme “Meu tio é uma peça”, conta que nunca tinha interpretado tantos personagens como em “Desesperados”. “Trabalhar nesse formato é muito desafiador, isso de mudar em segundos de um personagem para o outro. Foram muitos ensaios para a gente conseguir chegar nesse nível de precisão que estamos hoje. Mas eu, como ator, gosto de ser desafiado o tempo inteiro, gosto de personagens e de projetos que me desafiam. Acho que o estímulo de ator é todo esse, é ser desafiado. Na peça, a gente fala sobre solidão, que é um tema que está muito aí, na nossa sociedade. Tanto aqui, quanto no mundo inteiro. As pessoas estão com um celular, mas estão muito sozinhas na verdade, estão carentes. Então, nesse espetáculo a gente trata a solidão com muito humor, esses personagens são tão carentes que são hilários. A peça não tem um peso. Você vai assistir um espetáculo sobre solidão, que o nome até remete a uma coisa pesada, mas você vai dar risada do início até o fim. As pessoas estão se identificando muito com a peça”, adianta Majella.

A montagem
Com uma carpintaria elaborada, a peça permite, numa única cena, várias trocas de personagens. Para tanto, o autor Fernando Ceylão lançou mão da criatividade e chegou a um recurso de fácil entendimento: tarjas com nomes dos personagens coladas no peito de cada ator, que podem ser trocadas a qualquer momento.

De acordo com o diretor João Falcão, “Desesperados” pode ser vista de duas maneiras: como uma divertida peça com situações independentes, que se interligam durante todo o espetáculo, mas também como uma história com começo, meio e fim. Isso porque ao assistir a comédia, é possível entender que cada cena é única e imprescindível para o desenrolar de toda a história. Os personagens transitam entre cada uma dessas pequenas cenas e podem aparecer novamente em outro momento da peça e, assim, o público acompanha a trajetória de todos eles.

“Desesperados”, com Marcus Majella, Pablo Sanábio e Pedroca Monteiro
::> Classificação: 12 anos / Duração: 80 minutos
Ingressos:
::> Valor: R$50,00 – inteira e R$ 25,00 meia
::> Meia entrada válida para maiores de 60 anos e para estudantes devidamente identificados (conforme MP 2208/2001)

Informações : Telefone:(31) 3241 7181

-- --