Filme Como Eu Era Antes de Você ultrapassa US$200 milhões de bilheteria no mundo inteiro

Louisa (Emilia Clarke) e Will (Sam Claflin) no fIlme Como Eu Era Antes de Você - Foto Divulgação
Louisa (Emilia Clarke) e Will (Sam Claflin) no fIlme Como Eu Era Antes de Você – Foto Divulgação

Como Eu Era Antes de Você, o drama romântico da New Line Cinema e da Metro-Goldwyn-Mayer Pictures, ultrapassou no primeiro final de semana de setembro/16, a marca de US$200 milhões de bilheteria no mundo inteiro. O filme baseado no livro homônimo da escritora Jojo Moyes alcançou sucesso nos mercados da Alemanha (US$20,1 milhões), Brasil (US$18,3 milhões), Reino Unido (US$13,7 milhões), México (US$11,6 milhões) e Austrália (US$9,1 milhões). Na Noruega, Como Eu Era Antes de Você é o maior filme do ano até o momento e arrecadou US$5,4 milhões.

Os números impressionantes da Itália levaram a bilheteria internacional, excluindo os Estados Unidos, a um total de US$144,4 milhões e, somando-se com a bilheteria americana, que acumula US$56,3 milhões, Como Eu Era Antes de Você passou a marca dos US$200 milhões no mundo todo.

Como Eu Era Antes de Você

Às vezes você encontra o amor onde menos imagina. E às vezes ele te leva onde nunca esperou ir… Baseado no aclamado best-seller de Jojo Moyes, New Line Cinema e Metro-Goldwyn-Mayer Pictures apresentam Como Eu Era Antes de Você, estrelando Emilia Clarke (“Game of Thrones”) e Sam Claflin (dos filmes “Jogos Vorazes”), sob a direção de Thea Sharrock, que estreia como diretora.

Louisa “Lou” Clark (Clarke) vive em uma pitoresca cidade de campo inglesa. Sem direção certa em sua vida, a criativa e peculiar garota de 26 anos vai de um emprego a outro para tentar ajudar sua família com as despesas. Seu jeito alegre, no entanto, é colocado à prova quando enfrenta o novo desafio de sua carreira.
Ao aceitar um trabalho no “castelo” da cidade, ela se torna cuidadora e acompanhante de Will Traynor (Claflin), um banqueiro jovem e rico que se tornou cadeirante após um acidente ocorrido dois anos antes, mudando seu mundo dramaticamente em um piscar de olhos. Não mais uma alma aventureira, mas o agora cínico Will, está prestes a desistir. Isso até Lou ficar determinada a mostrar a ele que a vida vale ser vivida. Embarcando juntos em uma série de aventuras, Lou e Will irão obter mais do que esperavam e encontrarão suas vidas — e corações — mudando de um jeito que não poderiam ter imaginado.

O filme também é estrelado pela indicada ao Oscar Janet McTeer (“Albert Nobbs”, “Livre Para Amar”), Charles Dance (“O Jogo da Imitação”), Brendan Coyle (“Downton Abbey”), Stephen Peacocke (“Hercules”), Matthew Lewis (filmes “Harry Potter”), Jenna Coleman (“Dr. Who”), Samantha Spiro (“Do Inferno”), Vanessa Kirby (“Questão de Tempo”).
Sharrock dirigiu um roteiro de Jojo Moyes, baseado em seu livro. O filme foi produzido por Karen Rosenfelt (filmes “Saga Crepúsculo”, “Max”) e Alison Owen (“Walt nos Bastidores de Mary Poppins”, “As Sufragistas”). Sue Baden-Powell (“Elysium”, inédito “Orgulho e Preconceito e Zumbis”) foi produtora executiva.

O time criativo por trás das câmeras incluiu o diretor de fotografia indicado ao Oscar Remi Adefarasin (“Elizabeth”), o designer de produção Andrew McAlpine (“Educação”), o editor John Wilson (“Downton Abbey”) e a figurinista Jill Taylor (“Sete Dias com Marilyn”). A trilha sonora é do compositor Craig Armstrong (“O Grande Gatsby”).

-- --